Arquivo Novembro 2008

Amazon Affiliates 1

Nov28

Das várias leituras de hoje, chamou-me à tenção o post do Darren Rowse a que ele chamou “Carta aberta ao programa de afiliados da Amazon”. Neste artigo, ele faz uma retrospectiva do programa de afiliados da Amazon e de quanto já ganhou com ele e deu a ganhar à Amazon.

Independentemente da quantia que ele já ganhou, destaco a quantia que fez a Amazon facturar e que ascende a 1 milhão e meio de dollars. Esta quantia é muito relevante e dá que pensar nas potencialidades de um programa de afiliados deste tipo para qualquer empresa, seja qual for a dimensão.

Mas claro o post é uma critica às formas de pagamento da Amazon, que praticamente não evoluíram e não permitem ainda um pagamento mais eficiente. Não está disponível por ex a transferência bancária para qualquer país ou o pagamento por paypal.

Eu tenho o mesmo problema, mas tenho ainda outro, que é o facto de ter as minhas comissões repartidas por 3 utilizadores diferentes debaixo da mesma conta e não consigo ter uma visão consolidada dos ganhos e ter um pagamento efectuado de uma só vez. Eventualmente terei que optar pelos Gift Certificates.

Ganhar dinheiro sem fazer nada… 13

Nov26

…ou quase nada. Este artigo que estou a publicar não tem como objectivo promover a ideia de que é possível ganhar dinheiro online sem trabalho algum. Contudo existem muitas formas de ganhar dinheiro que implicam pouco trabalho inicial e depois nenhum em termos de manutenção e que possibilitam ter algum rendimento mensal no caso de cumpridos previamente certos requisitos.

Com os meus sites costumo fazer testes e implementar diversas formas de rentabilização existentes e analiso também as que vão surgindo no mercado. Preconizo também que os testes serão a melhor forma para que se possa medir o potencial de cada sistema. Existem sistemas para tudo, uns mostram potencial logo de inicio, outros não têm resultado nenhum e outros poderão exigir muita dedicação e tempo. Alguns poderão ter resultados só ao fim de muito tempo.

Os métodos de rentabilização que usava em 2006 não são certamente os mesmos que uso em 2008 e certamente não serão os mesmos que estarei a usar em 2010. Por isso é preciso estar atento ao que vai surgindo e às tendências do mercado. A internet também está em mudança contínua e convém por isso estar atento e inovar.

Vou falar aqui de dois sistemas distintos que mostram como com pouco trabalho e alguma sorte, se pode rentabilizar um ou mais sites. Não são os únicos e poderia aqui falar de outros (talvez num outro artigo), que depois de implementados, não dão trabalho nenhum.

O primeiro sistema é o da BWIN. Quando surgiu, registei-me e passei a usar num dos meus sites. O sistema tem algumas coisas interessantes, como a possibilidade de referir utilizadores por banners ou por mail directo no caso de estarmos registados pessoalmente. Havia também incentivos ao registo, com a oferta de uma quantia igual à do registo na conta do utilizador. Os banners, em várias medidas eram bastante atractivos. Usei o sistema com banners activos durante cerca de 1 ano e meio. Obtive obviamente alguns ganhos, mas nada de especial.

Entretanto, devido ao facto de o Adsense ter mudado os termos de serviço retirei os banners. Os utilizadores que referi continuaram obviamente registados e a utilizar o sistema. Este ano, depois de já não ter banners há muito tempo, esses utilizadores passaram a ter uma actividade maior. A consequência foi que passaram a apostar mais e eu sem fazer nada passei a ganhar comissões maiores. Não sei se estes ganhos vão durar muito tempo, no entanto eu não estou a fazer nada activamente para ter este retorno. Certamente que precisei de ter um site com tráfego para anunciar o sistema. Fiz na altura um post no fórum a complementar as indicações, mas não mais do que isso. Nem todos os sistemas se prestam a isto…mas que tal fazem login nos sistemas que deixaram de usar para ver se alguma coisa mudou? Aqui fica o gráfico dos ganhos do BWin. Não divulgo os valores exactos porque não gosto de o fazer.

bwin

O segundo sistema que vou falar é o EbayPartnerNetwork. Estou a usar o sistema do eBay apenas nas lojas BANS e com o plugin BayRSS2, neste caso num único site. Publiquei aqui vários artigos sobre a minha estratégia para as lojas BANS e escrevi sobre o que andava a fazer. Publiquei um post sobre resultados com BANS em Julho onde já na altura achava que o sistema tinha muito potencial.

Desde essa altura não toquei mais nas minhas lojas, O que é certo é que os resultados e o número de vendas têm subido todos os meses. O que penso que faz com que eu tenha sucesso com as BANS é o facto de não depender de tráfego do Google ou de PPC. Tal como disse, construí lojas BANS para 5 dos meus sites e coloquei nesses sites um banner para acesso à loja do eBay. Desta forma redirecciono os utilizadores do meu site para a loja BANS. O tráfego é obviamente o segredo.

Com este sistema tive também a sorte de vender pelo menos 3 carros. Vendi um Porsche 911, um Mercedes SLK e um Lotus Elan, embora este último tenha sido cancelado ou tenha perdido a comissão. Como eu disse na altura, vender carros nem é a melhor opção pois há um limite da comissão do eBay motors. Ao todo desde que comecei consegui ter cerca de 430 comissões, incluindo os ACRU que ainda estão a ser rentabilizados pelo valor mínimo.

ebay

Mas a rentabilização de lojas BANS não se esgota no eBay e a integração do Adsense é fundamental, ou até de outro sistema contextual idêntico. As lojas BANS são também poderosas no sentido que para tráfego inglês e devido ao conteúdo que aparece, os anúncios Adsense serem bem específicos e contextualizados.

Concluindo: Seja qual for o sistema que queiramos rentabilizar, o maior ou menor sucesso é normalmente proporcional ao tráfego do nosso site. Devemos focar o nosso trabalho na qualidade e conteúdos do site. Nem todos os sistemas funcionam, mas alguns são excelentes para gerar receitas sem grande trabalho. Se bem que no caso da BWin considero que tive sorte com estas receitas, pois nem tenho o sistema activo. No caso do EPN ou mais especificamente das lojas BANS acho que o trabalho para as rentabilizar, em certos casos será mínimo. Nos casos em que seja mais difícil integrar ou promover uma loja BANS, então aconselho a utilização de um plugin como o BayRSS2 para mostrar listagens do eBay no final de artigos. Atenção que há muitos outros sistemas que praticamente não obrigam a gastar tempo para os rentabilizar. O que é preciso é ter os activos (sites ou blogs) para através do tráfego obter algum rendimento.

Inlinks 2

Nov21

A Mediawhiz, a empresa que detém o Text-link-ads lançou hoje oficialmente um novo programa, o inlinks. Este sistema permite comprar ou vender links em artigos de blogs que usem as plataformas WordPress, Drupal e Movable Type. O que difere relativamente ao que a TLA já proporcionava é que o link aparece contextualizado no artigo e de forma automática através de um plugin.

Para os bloggers, basta instalar o plugin e esperar que sejam vendidos links. Os links possuem um preço fixo baseado no pagerank e tráfego alexa. Para quem compra links, tem acesso a conteúdo de muitos blogs, colocado de forma contextual. O url dos links não ficam disponíveis até depois de efectuada a compra e o link ficar disponível.

Para quem quiser investir no aluguer de links (sim porque a compra de links o Google proíbe!) a Inlinks disponibiliza o código 100free que permite comprar $100 em links por apenas $1. Mesmo que por apenas 1 mês se calhar não custa apostar neste tipo de publicidade. No entanto resultados em termos de rankings não deverão ser esperados se o link não permanecer pelo menos 2 a 3 meses, o que é normal. Já verifiquei o posicionamento e está correcto e é simples. Temos a confirmação de cada um dos links nos posts.

Mas o Aaron Wall já escreveu sobre o assunto e dá na cabeça mais uma vez do Google e do Matt Cutts, por isso fica aqui o link para complemento.

Pessoal… e Transmissível 1

Nov12

Pessoal… e Transmissível é talvez o meu programa de rádio preferido da actualidade. Quando saio do trabalho, no regresso a casa, as conversas vêm umas atrás das outras. Sempre inesperadas. O pretexto pode ser um livro, um disco, um jogo de futebol… com gente que faz a diferença. É assim que se apresenta o programa.

Normalmente não faria referência aqui ao programa, pois normalmente as conversas são de assuntos que não relacionados aqui com a temática do blog…no entanto hoje a conversa foi com Chris Anderson, o editor-chefe da revista Wired.

A revista Wired é a revista de tecnologia mais influente a nível mundial. Na entrevista de hoje fala de muitas coisas que vos interessam, tecnologia, do Google, da Web 2.0, do futuro das tecnologias, do poder que as pequenas empresas têm para inovar rapidamente e se tornarem notórias, do livro do Chris Anderson, a informação e produtos gratuitos na internet, o poder dos bloggers, etc.

O programa está disponível no site da TSF. No arquivo de emissões devem seleccionar o Chris Anderson em A vantagem é que podem estar a fazer outras coisas e ouvir o programa ao mesmo tempo….foi o que eu fiz ao ouvir a segunda vez.

O Blog do Chris está disponível em www.thelongtail.com

Pag 1 de 212

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com