artigo publicado

20 Dicas sobre: O que não fazer com Blogs. 12

Jul 24

Este é um guest post escrito pelo Artur Ferreira, leitor do tolnetwork. Combinamos publicar um artigo dele e ele resolveu escrever um artigo bem grande. dividi em duas partes. Artur, a palavra é tua…

Começou a blogar? Quer ser um blogger de sucesso (problogger) um prefere continuar blogger em part-time? É daqueles que gosta de cometer erros durante o processo de aprendizagem ou gostaria de ler uma lista de dicas sobre o que não deve fazer com o seu Blog?! Foi com esse objectivo que sugeri ao Rui que me deixasse fazer este guest post. Pretendo avisar os colegas para que não cometam os mesmo erros que cometi no inicio (e que, apesar do esforço, continuo cometendo por vezes).

Vou indicar o que deve evitar de modo a que a evolução seja rápida, sem precalços, de maneira a não denegrir muito a sua imagem e acima de tudo, sem criar conflitos com outros “colegas”. Dividi as dicas por assuntos de modo a seguirem o raciocínio.

SPAM / COMENTÁRIOS / TRACKBACKS

1 – Não faça SPAM!!: Evite deixar comentários em outros blogs do género: “Gostei do seu blog/post. Visitem o meu em omeubloggratuitonoblogger . com. Isso é considerado SPAM. Também me armei em “espertinho” no inicio e cometi esse erro. Não faça isso!! Todos sabemos que quantos mais links tivermos a apontar para nosso blog, melhor. Agora, não faça spamming. Pois o mais certo é os webmasters apagarem seu link, e pior, denunciarem ao AKISMET ou outros, que você é um spammer.

2 – Não use palavras-chave no URL da sua assinatura: Foi um dos erros mais graves que cometi até hoje. Uma vez mais, pensei que tinha “descoberto a pólvora”. Antes de colocar em prática esse tipo de “ideias luminosas”, leiam primeiro o que outros escreveram sobre o assunto evitando dessa forma uma nova denuncia por spamming e uma “baixa” no ranking ou mesmo uma desindexaçãodo G.

3 – Não comente à toa …: Se vai comentar, e deve-o fazer em blogs do mesmo nicho, acrescente informação útil ao post. Faça uma busca e veja o que outros webmasters dizem sobre esse tema. Analise várias opiniões ou pontos de vista e diga o que pensa sobre o assunto, o que acha bem e o que acha mal. Os blogs também existem para o debate de ideias e para a partilha de informação e/ou conhecimentos.

Por muito bons que sejam os seus posts, você necessita de comentar em blogs do mesmo nicho, para se dar a conhecer e começar a construir uma relação com outros webmasters e leitores doutros blogs dentro do seu nicho. Se seu comentário agradar a todos o mais certo é você fazer com que alguns dos leitores desse blog passem a visitar o seu também.

4 – Não fale dos outros!!: Uma coisa que aprendi ultimamente, foi que não devemos falar sobre os outros em blogs que não os deles. Se tem algum problema com alguém, vá até ao blog dele e diga tudo o que tem a dizer nos comentários dele.

5 – Não se preocupe só em publicar artigos: Leia os outros, comente e faça trackbacks! Faça muitos comentários e muitos trakbaks em blogs do mesmo nicho de mercado. Se vai fazer um post sobre algo que algum webmaster conhecido falou anteriormente, faça um tracbak com um link apontando para o post dele. Dessa forma está a ajudar o “colega”, e principalmente está a colocar um link para o seu quando fizer o tracback/comentário no blog dele. Da mesma maneira está criar uma boa relação com o colega. É bom para todos. Ninguém sobrevive sozinho e por esse motivo, necessitamos uns dos outros …

Os trackbaks funcionam melhor do que fazer SPAM nos comentários.

Há quem diga que comentar e trackbacks são um desperdício de tempo. No entanto, para quem está a começar, aconselho a fazê-los para aumentar suas visitas/leitores. Trackbacks dentro do mesno nicho só trazem benefícios.

6 – Não elimine as criticas: Saiba aceitar uma critica. Aprenda com as criticas e os comentários dos outros. Um blog por natureza é um ponto de discussão, é uma montra de opiniões, cada um com a sua, cada um com seu ponto de vista. Além disso, os blogs servem para comunicar com os leitores, ou clientes no caso das empresas, em tempo real. São de extrema utilidade na partilha de informação e no esclarecimento de dúvidas, online e em tempo real. Já se começa a ver empresas a usar os blogs como plataforma de contacto com seus colaboradores, clientes e fornecedores.

7 – Não peça troca de links: Não deixe comentário do tipo: “Adorei seu blogue. Quer trocar links?” Claro que não!! Ninguém troca links assim. Aliás o google penaliza se você trocar links à toa. Lembre-se para trocar você tem de ter algo de valor para dar. Quando começamos um blogue não temos nada de valor para dar em troca. A melhor forma de conseguir links é comentando e fazendo trackbacks.

URL

8 – Não use só domínios FREE: Os ProBlogers aconselham a: “comprar seu domínio próprio desde o 1º dia” caso queira ser um bloger de sucesso. Se quer levar esta actividade a sério e o acto de blogar a sua principal fonte de rendimentos deve ser o mais profissional possível.

A minha opinião sobre este assunto é a seguinte: Ninguém nasce pro-blogger. Todos, ou pelo menos a grande maioria, começam por blogar em part time usando os “free blogs” (blogger, sapo e wordpress), postando uma vez por mês ou uma vez por semana, iniciando esta actividade como um part time ou como um hobbie.

É claro que para você ser levado a sério pelos outros, tem de comprar domínio próprio, no entanto vejo muitos colegas (blogger`s) com domínios blogspot e não é por isso que não ganham dinheiro. Além do mais, esses FREE Blogs que você criar, podem servir mais tarde para linkar com outros blogs gratuitos ou com domínios pagos dentro do mesmo nicho. Também podem servir para trocar alguns links com outros webmaster`s ou com outros blogs / sites seus. Outra das vantagens é poder fazer as suas experiências sem ter receio de perder o investimento. Existem muitas vantagens em ter blogs com domínios gratuitos. Por isso, façam alguns também, não tenham blogs só com domínio pago.

Outra razão é: com tantos bloggers querendo ter um blog blogspot (Google), e com tantos querendo aprender a blogar na plataforma gratuita do Google, é boa ideia criar um blog com templates, headers, tutoriais, dicas, hacks e truques para o bloger.

Claro que também o pode fazer num domínio seu, usando o CMS WordPress para o efeito. Mas pergunto, vai falar do Blogger usando WordPress?

9 – Não use URL`s que nada tenham a ver com as palavras-chave mais importantes do seu nicho: Registe seu bloge com o endereço: “omeublogeomelhorblog . com” e estará optimizado para as palavras-chave “o meu blog é o melhor blog”. Pergunto, alguém procura por “o meu blog é o melhor blog”? Claro que não. Então você, antes de criar seu URL, deve pensar primeiro quais são as palavras-chave mais usadas pelos internautas quando pesquisam nos motores de busca.

Existem ferramentas que nos ajudam nessa pesquisa de palavras chave (keys) fornecendo a informação que necessitamos na hora de registar o domínio.

Essas ferramentas já foram abordadas aqui no tolnetwork e no ganhar-dinheiro-net . Acesse o post “20-factores importantes para seo no google” ou “como ganhar dinheiro na internet” e veja quais as keys a usar.

10 – Não use URLs extensos: Não registe seu URL desta forma: as-melhores-oportunidades-com-vagas-para-emprego.com. Tem pessoas que pensam: “quanto mais extenso melhor; quantas mais palavras melhor …” Errado, primeiro verifique se já alguém registou o domínio com ou sem o hífen (-). Há quem diga que não se deve usar o hífen pois pode ser considerado spamming. No entanto, há que explorar essa situação no caso de alguém ter registado o domínio sem o mesmo. Caso tenha que usar o hífen, não use mais que dois e não exceda os 65 caracteres no nome. Além disso, quanto mais fácil de decorar melhor. Se você quer que seus leitores memorizem seu URL e voltem ao seu bloge o melhor é usar um nome de fácil memorização.

O resto do artigo será publicado amanha. Já coloquei na agenda um artigo sobre o tamanho ideal de um guest post!

subscreve os comentários

Existem 12 comentários neste artigo

  1. Não venho acrescentar nada de novo, mas venho dar os parabéns por este excelente artigo.

  2. […] a continuação do artigo 20 Dicas sobre o que não fazer com blogs do Artur […]

  3. Artur diz:

    Ola a todos,

    João obrigado pelo elogio.
    No entanto, gostaria que os leitores criticassem ao mesmo tempo que agradecem pelo post.

    Não leves a mal … Agradeço o elogio do fundo do coração. No entanto, para melhorarmos o nosso trabalho, alguém tem que o criticar ou simplesmente apontar alguma coisa menos positiva.

    Eu tenho esta opinião:

    Sempre que alguém me critica, é alguém que se está a dar ao trabalho de me passar alguma informação, dica, tecnica, truque, correcção, melhoria, etc …

    Ou seja, vejo as criticas, como alguém que quer comunicar, aproximar, ou simplesmente transmitir algo de útil. Adoro criticas. Chego a gostar mais de criticas do que elogios. Sem querer desvalorizar o teu elogio, claro.

    Aliás, até agora, foste o unico a fazê-lo, logo mereces toda a minha consideração.

    ps: Gostei muito do teme que usas no teu blog. Podes dizer qual é?

    O meu mail: jorge.ajmc (arrob) gmail (pont) com

    Um grande abraço colega.

    Artur

  4. Já respondi via email.

    Quanto ao Rui, ele poderia instalar o plugin para subscrever o comentários dos posts.

    não sabia que o Artur me tinha respondido. Calhei a vir por acaso e vi.

  5. 20 Dicas sobre: O que não fazer com Blogs | Tolnetwork.com…

    Começou a blogar? Quer ser um blogger de sucesso (ProBlogger) um prefere continuar blogger em part-time? É daqueles que gosta de cometer erros durante o processo de aprendizagem ou gostaria de ler uma lista de dicas sobre o que não deve fazer com o seu…

  6. 20 Dicas sobre: O que não fazer com Blogs. | tolnetwork.com…

    Começou a blogar? Quer ser um blogger de sucesso (ProBlogger) ou prefere continuar cometendo erros? É daqueles que gosta de cometer erros durante o processo de aprendizagem ou gostaria de ler uma lista de dicas sobre o que não deve fazer com o seu Blog…

  7. Nuno diz:

    Boas Rui

    Podes explicar melhor o ponto nº 2.
    Não sei se percebi bem, tinha em mente utilizar algo deste tipo http://(domínio).com/(descrição do blog)/(data e postname).

    Não sei se é spam

    Um abraço

  8. Artur diz:

    Nuno td bem?

    O ponto nº2 é sobre o não usar as palavras-chave (keywords) no URL da nossa assinatura nos comentários.

    EX:

    O meu blog tem o URL ganhar-dinheiro-net.blogs.sapo.pt, e uma vez usei as palavras chave “ganhar dinheiro” no nome na minha assinatura em comentários, seguido do link para o meu blog. Essas keys são as minhas keys principais e pensei que ao usá-las no nome dava bom SEO (boas keys na ancora do link).

    Isso é considerado spam. O melhor é usar o seu nome veradeiro ou algum nick que nada tenha a ver com as suas keys principais.

    Foi a partir dai que comecei a usar o nome Artur, no URL para o meu blog.

    Abraços,

    Artur

  9. […] 20 dicas sobre o que fazer ou não fazer num Blog. Ei… descobri que há moooontes de coisas ques estou a fazer e que não devia… um óptimo artigo do Tollnetwork; […]

  10. O que não fazer no seu blog « DinheiroInforma diz:

    […] que não fazer no seu blog 20 Dicas sobre: O que não fazer com Blogs. 20 Dicas sobre: O que não fazer com Blogs […]

  11. magal diz:

    parabens pelo blog

Deixa a tua opinião neste artigo

* campos obrigatórios

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com