artigo publicado

Optimizar referências Adsense 6

Fev 21

No artigo 20 Melhores Dicas Adsense, terminei com uma menção as referências (referrals) como método complementar para rentabilização com Adsense. De facto para muitos sites, este poderá até ser um dos métodos principais de rentabilização, dependendo do assunto do site e da linguagem ou país do visitante. Neste artigo foco alguns aspectos a considerar das referências e explico como podem ser importantes para aumentar a rentabilização de um site. Especifico também algumas formas legítimas de melhorar a conversão.

Ao contrário dos blocos de anúncios, as referências são pagas por CPA (cost-Per-Action) ou custo por acção. Significa que não basta haver um click no anúncio. Neste caso o modelo de pagamento exige que o visitante cumpra um determinado objectivo pré-determinado pelo anunciante (compra, preenchimento de formulário, registo, etc). Este tipo de anúncio pode ser mais compensador para o anunciante e normalmente recompensam melhor do que um anúncio para a rede de pesquisa ou contextual.

Com as referências podemos ter 3 anúncios adicionais por página. Um dos problemas que existem, infelizmente para nós que temos os sites em Português, é que há sempre menos anúncios por onde escolher ou que convertem pior do que nos outros países. Por outro lado, e para dificultar ainda mais a conversão, os Portugueses não têm a mesma apetência para comprar produtos online que por exemplo os Americanos ou Alemães.

Apenas para referência, e passo a redundância, convido-vos a seleccionar na vossa conta por ex anúncios dos Estados Unidos. Poderão verificar que há um anunciante que paga mais de $150 por conversão e há vários que pagam mais de $50. Animador não? Voltando aos anunciantes Portugueses, existem ainda alguns que podem ser interessantes para alguns temas de sites/blogs e que o pagamento poderá ser compensador. De seguida passo a referir algumas formas de melhor a performance com este tipo de anúncio:

Melhor Performance: Uma grande funcionalidade introduzida recentemente, é que podemos escolher os anúncios de referências que têm uma performance melhor. Para activar esta opção escolhe-se a opção “Pick best performing ads”. Por defeito essa opção está já seleccionada e desta forma o Google mostra as referências que têm um desempenho melhor para o nosso site, mesmo não tendo escolhido essa opção. No entanto e se queremos apenas garantir que um anúncio é mostrado e que é apenas aquele que serve os nossos propósitos, então devemos retirar esta checkbox.

Em relação à optimização das referências, será interessante começar com esta opção activada. Mais tarde, e pela análise dos resultados, poderemos focar a nossa promoção num ou mais anúncios específicos.

Melhor Contextualização: em muitos sites em Português ou sites em Inglês que abordem vários assuntos, os blocos de anúncios Adsense podem não ser suficientemente contextualizados. Com as referências poderemos sempre seleccionar os anúncios mais relevantes através de uma keyword ou categoria. Quando a relevância é maior é mais provável que a conversão também o seja.

Maior compensação: Se o tráfego que enviamos para o anunciante for melhor e mais contextualizado, as conversões vão acontecer muito naturalmente. Esses clicks poderão tornar-se vendas ou outro tipo de conversão. Na maioria dos casos estes clicks embora possam ter um CTR menor que outros blocos de anúncios, é provável que um click que converta seja mais rentável do que vários em blocos contextuais. Com as referências conseguimos saber mais facilmente quando podemos obter por conversão. O mesmo não acontece com os anúncios contextuais.

Adicionar a nossa recomendação: Ao contrário dos restantes tipos de anúncios Adsense, com as referências é possível fazer referências específicas a esses anúncios. Se conhecemos o produto ou simplesmente queremos emitir uma recomendação, as Program Policies do Adsense permitem isso, apenas para estes casos. Recomendando os produtos, poderemos facilitar a decisão do visitante do site e desta forma conseguir uma performance maior. Este aspecto já tinha sido referido antes em Section Targeting e Referals. No entanto aconselho a lerem as Program Policies novamente.

Recursos Adicionais: referrals FAQ.

subscreve os comentários

Existem 6 comentários neste artigo

  1. frsantos diz:

    muito interessante este artigo

  2. Rui Augusto diz:

    Sim, é pena não haver grande coisa para o teu blog a concurso.

    No entanto há alguns produtos interessantes para outros que têm outro tipo de site.

  3. Leite diz:

    Não fui ver, mas por vezes os toques de musica aparecem nas referências, apesar de já estar um pouco “batido” . Pode render sempre mais algum com o adsense. Apesar de neste campo, programas de afiliados pagam mais por cada registo.

    É pena porque não existe um leque alargado de produtos para Portugal, mas no brasil tem certos produtos que pagam bem, conseguem estar ao nível dos americanos.

  4. frsantos diz:

    pois, música é um tema um pouco difícil de render, mas não é esse o meu objectivo principal, unicamente pagar as despesas que faço com ele.
    Por isso já me arrependi de o ter posto a concurso, pois é um projecto a médio/longo prazo.
    Mas sempre aproveito a parte mais importante do conCURSO.

  5. Jonix diz:

    Excelente artigo. Na minha opinião o problema de anúncios que requerem acção, principalmente se o utilizador tiver que pagar alguma coisa, como por exemplo uma compra é sempre muito mais dificil. Penso que na maioria dos blogs anúncios desse tipo não têm sucesso, principalmente com a crise que este país atravessa. Tenho contactos com centenas de bloggers do tipo “blog pessoal vou escrever sobre a minha vida”, e que são muitos deles visitantes de outros blogs e sites (o tipico português que navega na net). E sei por experiência própria que esse tipo de anúncio não dá com eles, só dão aqueles por exemplo para inscrições grátis ou receber algo grátis, ou por exemplo sms’s e afins.

  6. Marcio diz:

    Muito bom seu artigo, não só ele como o blog como um todo. A publicidade online evolui a cada dia e existem pistas de que em breve algo vai mudar (com a possivel entrada da Microsoft) neste mercado vejamos o que acontecerá.

Deixa a tua opinião neste artigo

* campos obrigatórios

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com