Arquivo Abril 2009

Atenção – novidades Adsense! 2

Apesar da crise (é notória a falta de anúncios Adwords na rede de conteúdos), o Adsense tem introduzido algumas novidades. Para além da disponibilização de relatórios de ganhos em euros, há coisas provavelmente mais importantes.

Assim, queria alertar para as alterações nos termos de utilização. Normalmente ninguém lê e é sempre melhor ler um resumo do que ler tudo novamente. Quando registaram as vossas contas, concordaram em aceitar os termos de utilização. As alterações agora implementadas são bastante importantes para se deixar passar ao lado.

    1. Vender links de texto para sites relacionados com Casinos, sites de jogos, drogas e medicamentos, armas e coisas relacionadas, ficam agora em violação dos termos de utilização. Assim, o melhor é fazerem uma verificação, se venderam links deste tipo, ou mesmo até se possuem links colocados por utilizadores nos vossos sites, comentários em blogs, fóruns, etc. Ate um site que importe feeds RSS pode ter o azar de por qualquer razão ficar em violação desses termos.

    2. Colocar os anúncios de tal forma dissimulados que é difícil distinguir o que é anúncio do texto. Esta aqui entra no campo da subjectividade, eventualmente os editores manuais do adsense poderão ter critérios diferentes.

    3. Não devem ser colocados links escondidos, texto escondidos.

    4. Devem também ter mais atenção se estão a comprar tráfego Adwords para os vossos sites e também os rentabilizam com Adsense. Estas landing pages tem que estar de acordo com as guidelines do Adwords.

Alguns dos conteúdos mudaram também de local no texto dos termos de utilização, pelo que antes de considerarem que alguma coisa desapareceu, é melhor fazer uma procura global. Também fazem referência ao facto de que se deve verificar regularmente os termos de utilização.

Eventualmente estas novas normas tem como principal objectivo limpar a rede de conteúdos de sites Made For Adsense (MFA). Poderá haver alguns problemas para alguns webmasters implementarem estas normas. Por ex eu tive já pedidos para vender publicidade em forma de banner para sites de casinos ou poker e recusei, pois neste caso até clarificaram o “Link to” que antes não era claro.

Outra das novidades é que a integração do Google Analytics com Adsense está agora disponível para todos os editores e não só para alguns. Existem várias razões para se fazer esta integração, principalmente para identificarmos o conteúdo mais rentável e as melhores fontes de rentabilização de um site. O Blog Adsense disponibiliza um vídeo de como fazer a integração.

Curso Search Engine Optimization 1

O Inesting está a organizar um curso para principiantes sobre Search Engine Optimization. Este curso destina-se a gestores e profissionais que exerçam funções de marketing. O curso poderá também adequar-se a gestores de conteúdos de websites que pretendam optimizar os conteúdos por si produzidos para obterem um melhor posicionamento nos motores de pesquisa. O Curso decorrerá no Tagus Park em Lisboa no dia 8 de Maio.

Programa

    1. A importância dos Motores de Busca;
    2. Como funcionam os Motores de Busca;
    3. Search Engine Optimization Vs Search Engine Advertising;
    4. Regras de Optimização;
    4.1 DirectrizesTécnicas
    4.2 Directrizes de Conteúdo
    4.3 Directrizes de Rede
    5. Perguntas Mais Frequentes (resposta a alguns dos mitos do SEO);
    6. Ferramentas Google
    6.1 Google Webmaster Tools
    6.2 Google Analytics

Mais informações em Inesting Training. O curso tem um custo de 120€+IVA mas é dado aos participantes um Vale Google AdWords no valor de 50€.

Filtro por categorias no Adsense 3

Este artigo sobre Adsense até poderia começar por um lamento, pois o Adsense anda realmente péssimo. Dão-se casos em que os anúncios em Português se esgotam completamente ao final do dia, diminuindo a receita….mas mudando de assunto e falando de coisas boas.

Pelos vistos um dos pedidos de funcionalidades mais requisitado para o Adsense é a possibilidade de bloquear certos tipos de anúncios num site. Assim hoje a equipa do Adsense anunciou que está a trabalhar na versão beta de uma funcionalidade chamada “filtro de categorias” ou category filter.

Esta funcionalidade permitirá bloquear certos tipo de anúncios nos nossos sites que pertençam a certas categorias como política, religião, toques telemóveis, encontros, etc. Apesar dos mecanismos já existentes de colocação de publicidade, quer seja contextual ou por CPM, será eventualmente possível bloquear alguns anúncios que são desagradáveis e que muitas vezes não interessam nos nosso sites.

Esta funcionalidade sera testada primeiro por um grupo restrito de utilizadores, de forma a validar todas as funcionalidades e a que seja feita a recolha de opiniões.

De seguida mostro a imagem que a equipa do Adsense disponibilizou como exemplo. Parece-me que esta funcionalidade poderá ter grande aceitação. Um dos problemas que normalmente se verifica é que há anunciantes generalistas que conseguem colocar os seus anúncios em todos os tipos de sites. O interesse desses anúncios poderá não ser realmente tão grande para o utilizador do site, sendo que assim é possível bloqueá-los.

category filtering beta

PS: para já as categorias que o Google está a considerar são: procedures & body modification; dating; drugs & supplements; get rich quick; politics; religion; ringtones and downloadables; sexual & reproductive health; sexually suggestive; video games (casual and online); weight loss

Optimização para keywords long tail 1

No seguimento do post sobre alteração dos hábitos de pesquisa, tenho passado algum tempo a olhar para as estatísticas dos sites, tentando perceber o que posso fazer mais para ganhar mais tráfego de motores de pesquisa.

Normalmente é o tráfego de motores de pesquisa que rende mais para um site. Podemos ter publicidade mais direccionada para os utilizadores frequentes e até é possível disponibilizar um layout diferente para quem vem dos motores de pesquisa. Normalmente não uso esta técnica, mas implementei-a há uns tempos num site e tenho tido sucesso com essa alteração.

Cada vez mais é difícil ficar bem posicionado nos motores de pesquisa para as keywords principais. A concorrência é grande e existem cada vez mais sites à procura das keywords rentáveis, alguns com vários anos de idade. Neste aspecto a antiguidade e notoriedade de um site faz sempre a diferença. Por isto, existem cada vez menos razões para tentar ganhar dinheiro com keywords muito específicas.

A solução é ir atrás das longtail keywords. Há várias razões para isto, a principal é que existe menos competição e por isso é mais fácil obter bons rankings e conseguir esse ranking mais rapidamente. Com o Google suggest e a cada vez maior capacidade de os utilizadores fazerem pesquisas complexas, a conversão para estas keywords poderá ser muito maior.

Verifiquem as vossas contas do Analytics, e analisem se as keywords que vos trazem mais tráfego são as que constantemente procuram um bom ranking ou que utilizam sempre que fazem linkbuilding…

Verifiquem também que outro tipo de pesquisas vos trazem tráfego ao site e que nem se quer faziam ideia, mas possuem um determinado artigo ou post que até nem deram grande importância. Pode ser um post fora do assunto principal do vosso blog, um artigo a que fizeram referência ou até um post feito por um utilizador no vosso fórum numa secção off-topic…

Para além da identificação das keywords, será conveniente verificar em que posição aparecem para essa pesquisa no Google. Provavelmente uma pequena optimização no título ou descrição dessa página, um parágrafo adicional no texto, a colocação de mais links internos para essa página ou 2 ou 3 links externos poderão fazer essa página subir ligeiramente nos resultados da pesquisa e assim resultar num incremento de tráfego maior.

Atenção: os resultados não são imediatos! As alterações poderão levar algum tempo a ter efeito. A concorrência também não anda a dormir, se todos fizermos o mesmo, provavelmente uns vão ter mais sorte que outros.

No entanto a diferença entre estar em primeiro nos resultados da pesquisa ou ser o primeiro dos últimos é grande. A diferença entre estar na primeira ou segunda página também é bastante grande.

Pag 1 de 212

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com