Arquivo Junho 2009

Adsense + Analytics 5

Uma das alterações importantes que a equipa do Google Adsense implementou recentemente foi a possibilidade de integrar a conta analytics com a conta do Adsense, possibilitando-nos assim ver alguns desses dados correlacionados.

Não implementei essa alteração imediatamente, mas depois de implementada em alguns dos sites, só tenho a dizer que é bastante útil. Esta integração tem que fazer parte de qualquer estratégia de optimização de um site para Adsense pois complementa facilmente todas as outras métricas que podemos ver nas estatísticas do Adsense.

No meu site mais importante sempre tive uma estratégia muito clara sobre a atribuição de critérios Adsense aos vários blocos de anúncios consoante o local e a secção do site onde os colocava. Sabia sempre por isso em termos de conteúdos quais as secções do site mais lucrativas ou com um CRT maior. O grande número de páginas de conteúdos e o número limitado de critérios não permite saber ao certo quais as páginas que mais representam em termos de lucros Adsense. Numa mesma secção tenho conteúdos bastante diferentes e poderia não estar a ter a noção correcta dos ganhos.

Outra das coisas que é referida várias vezes em artigos ou por quem faz testes com Adsense, é que as visitas vindas dos motores de pesquisa são as mais lucrativas e que mais tendência tem em sair do site pelos anúncios Adsense.

Com a integração do Adsense e Analytics, podemos contudo aceder a informação muito mais importante e efectivamente ter a certeza de algumas coisas que muitas vezes só sabemos da teoria. Podemos saber por ex:

  • Se rendem mais os visitantes que chegam pela primeira vez ao site, ou os que visitaram mais do que uma vez. A tendência aqui é que os novos visitantes tenham melhores resultados.

  • A distribuição dos ganhos pela linguagem do browser. No meu caso facilmente verifico que para números equivalentes de clicks, o tráfego do Brasil não rende tanto.

  • Os ganhos repartidos pelos acessos directos ao site, acessos vindos de outros sites ou dos motores de pesquisa. Aqui o Google tem, no meu caso, a grande fatia do tráfego dos motores de pesquisa e do total. O tráfego directo é o que rende menos, ou seja, os visitantes que capturamos, que acedem ao site por conhecer o endereço, por terem o site nos favoritos, etc são os que representam a menor fatia nesta distribuição.

  • Podemos saber as keywords que rendem mais para o site.

  • Mas a informação mais importante, a meu ver, é a das páginas que mais rendem. Aqui o Analytics mostra exactamente quais os urls das páginas que mais retorno possuem, com o respectivo CTR e eCPM. Esta informação, quando cruzada com a restante informação do Analytics e Adsense (critérios e formatos) é bastante valiosa.

Mas o que fazer com essa informação?

O que estou a fazer é optimizar essas páginas mais lucrativas. Por um lado o SEO, ou Optimização para Motores de Pesquisa, tem particular importância, pois o tráfego dos motores de pesquisa é o que mais rende. Subir nos rankings, para essas keywords e ganhar tráfego para essas páginas é importante. Conseguir links para essas páginas é também importante para subir nos rankings. A importância de ter uma grande diversidade de links para paginas do site que não a homepage é bastante grande. Com esta informação podemos dar prioridade a esses deep links para as paginas mais lucrativas.

Por outro lado estou também a optimizar a colocação dos blocos de anúncios nessas páginas, eventualmente com a colocação de anúncios above the fold nessas páginas e revendo as cores, blending e tamanho e formato da fonte de cada bloco.

Nos últimos dias consegui aperceber-me em alguns casos que tinha algumas ideias erradas sobre a rentabilidade de algumas páginas. Em sites baseados em WordPress, onde coloco os anúncios na própria template do site pode não haver tanta flexibilidade para mover anúncios, mas por ex a diminuição de anúncios para os utilizadores normais e a utilização de plugins para mostrar blocos Adsense apenas para visitantes dos motores de pesquisa pode ser uma das técnicas a usar.

No caso dos fóruns, estou a usar uma funcionalidade que permite mostrar uma template diferente para os visitantes dos motores de pesquisa. A template pode ser igual e ter apenas um bloco de anúncio bem posicionado e com determinado tamanho para se obter um maior rendimento sem sacrificar a navegabilidade e espaço ocupado pelos anúncios para os utilizadores que estão lá batidos.

A informação proporcionada pelo Analytics é bastante completa e ainda não estou a olhar para toda a informação que disponibiliza sobre o Adsense, mas lá chegarei….

E vocês, usam esta funcionalidade? Integraram a vossa conta? Que utilização estão a fazer desta funcionalidade?

echoes 3

A comOn (antiga Elemento Digital) está a desenvolver um novo serviço web chamado «Echoes». O Echoes pretende ser uma espécie de Topic real-time search mashup homepage.

O objectivo é criar homepages úteis e relevantes para qualquer tópico/assunto/keyword, de forma completamente automatizada. Essas homepages são construídas com base na integração de várias APIs de serviços web, com recurso a aplicações de web semântica e também com a participação da comunidade do Echoes.

O serviço não é totalmente inovador, mas a comOn pretende trazer um valor acrescentado a este conceito.

Na homepage de cada tópico, é possível aos utilizadores submeterem Links, Feeds RSS e Comentários. Desta forma com a colaboração da comunidade as páginas poderão ser enriquecidas e o conteúdo tornado mais relevante e útil.

O objectivo da comOn é conseguir, num futuro próximo, identificar automaticamente o tipo/categoria do tópico pesquisado e conseguir seleccionar automaticamente as melhores APIs de forma a fornecer a informação mais relevante.

O serviço ainda está em fase beta mas tem grandes potencialidades. Como exemplos do que este serviço permite, podem visitar as páginas do Michael Jackson, BMW ou Portugal. Aconselho a testarem e a ficarem atentos ao conceito.

Ganha uma conta de alojamento 0

Uma frase que todos conhecem e referida muitas vezes em sites sobre ganhar dinheiro online é “não por todos os ovos no mesmo cesto”. Isto é verdade no sentido que não se deve usar apenas um método para rentabilizar sites, mas também, para quem tem mais do que um site, convém não ter esses sites todos no mesmo alojamento.

No meu caso, apesar de ter servidor próprio, considero que nem todos os sites devem estar lá alojados, mesmo com capacidade suficiente. Em caso de problemas, não ficamos com os sites todos indisponíveis. Em caso de catástrofe, não ficamos sem nada. No caso de termos sites relacionados, ter os sites em alojamentos diferentes por ser mais importante na altura de ganhar relevância com esses links (embora aqui haja muito mais a ter em conta).

Este paleio todo é para falar no terceiro aniversário da PTservidor. A PTservidor é uma das empresas onde tenho alguns dos meus sites alojados. A PTservidor colaborou também no concurso Problogger com um desconto em alojamento para todos os que iniciaram na altura o seu primeiro blog. Quero aproveitar por isso a ocasião para dar os parabens e para desejar sucesso para o futuro.

Os serviços da PTservidor têm também evoluído ao longo dos últimos tempos e fazem muitas vezes promoções interessantes. Para comemorar o 3º aniversário estão a promover um concurso em que são atribuídos 5 planos de alojamento PTS1500 pagos durante 1 ano com um domínio à escolha .com, .net ou .org. Para saberem mais sobre o concurso devem aceder ao blog da PTservidor para saber mais sobre este concurso.

Este concurso pode ser assim um bom incentivo a criarem mais sites ou até a transferirem algum para um alojamento diferente.

Online Marketing Expo 9

No passado dia 24, prescindi da festa do S. João no Porto e fui até à OMExpo em Lisboa. Um dos principais objectivos que tenho ao participar neste tipo de eventos é sentir o que se passa em Portugal, em especial em relação às empresas. Estes eventos são importantes, para fazer crescer a indústria do Marketing Online no nosso País. Neste sentido acho que a mensagem foi bem passada às empresas e agências de marketing presentes.

O evento foi bom e a maior parte das sessões a que assisti foram interessantes. Não vou falar das sessões em particular, mas apenas destacar algumas coisas:

1. A Zanox queixa-se que para o mercado crescer em Portugal é preciso haver mais afiliados em Portugal. A crise é também uma oportunidade para a afiliação. Eu sou afiliado da Zanox, mas apenas recentemente comecei a usar um programa em que eventualmente poderei ter sucesso nos meus sites. Se estiverem interessados registem-se, há excelentes campanhas para alguns nichos de mercado.

2. A Tradedoubler refere também que na crise o marketing de resultados é uma excelente oportunidade. Na apresentação foi feita referência a que pagamento feito pelos anunciantes deve ser feito a tempo e horas, eventualmente pré-pago como em alguns países. Destaco em particular que comecei a usar Tradedoubler há pouco mais de um mês e os resultados foram imediatos, mesmo promovendo as vendas de um produto que não acreditava muito que pudesse funcionar.

3. Foi referido em mais do que uma sessão que os pagamentos feitos aos afiliados devem ser justos e compatíveis com resultados obtidos. Os pagamentos aos afiliados devem ser periodicamente, pois são uma extensão da força de vendas de uma empresa que anuncia online.

4. Gostei particularmente da sessão da ActualSales e da forma como promovem os produtos dos seus clientes. A sessão muito virada para conceitos de marketing foi a que mais me interessou e que eventualmente mais aprendi, por não ser dessa área. Registei-me em (R)evolução e recebi um ebook sobre 9 passos para se tornar num pioneiro da publicidade online. Aconselho o download, até porque é free. Quote: “Dentro de 10 anos, quem pretende manter um lugar lucrativo nesta indústria tem de estar preparado para a (r)evolução. Até porque esta nova publicidade, baseada na Internet, já existe, já vende e pode já hoje ser uma vantagem real para os negócios que a praticarem.”

Não menos importante neste tipo de eventos é a possibilidade de se conhecerem pessoas ou de finalmente contactarmos pessoalmente alguns amigos e colegas de “profissão” que conhecemos apenas do msn, fóruns e twitter. Estive com o José Veiga do Euroluso, O Webmilionario, o Tiago do Canalmail, Miguel do StandVirtual e mais alguns. Foi pena não ter tido a oportunidade de conhecer outros colegas do Mais Tráfego.

Espero que o evento se repita no próximo ano e que ganhe mais notoriedade.

Pag 1 de 3123

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com