Arquivo Setembro 2009

Quality Click Pricing no EPN 3

Hoje, para quem já usa EPN há algum tempo, entra em funcionamento o novo formato de pagamentos em que o eBay deixa de pagar por acção (CPA) e passa a pagar por clique, num sistema que o eBay chama Quality Click Pricing.

Com este novo sistema, os rendimentos vão estar baseados nos cliques enviados para os sites do eBay e o EPC será calculado diariamente baseado na qualidade do tráfico. O eBay vai avaliar a qualidade do tráfego usando vários factores, incluindo o lucro das vendas e o histórico de cada user enviado para o eBay, mas também outros factores como por ex os lucros com os pagamentos paypal. De forma mais resumida, quanto maior o lucro proporcionarmos ao eBay, mais nos vão pagar.

À primeira vista o novo sistema pode ter potencial e gerar receitas maiores para alguns utilizadores do EPN. No entanto, para quem consegue registar muitos novos utilizadores no eBay (ACRU) e vender produtos de elevado valor, não sei se o novo sistema não será pior.

Em Setembro acompanhei diariamente a evolução dos lucros reais com os lucros do novo sistema. Aparentemente este mês conseguiria um lucro 32% mais elevado, o que a acontecer todos os meses, não deixa de ser interessante. No entanto não consigo comparar com meses anteriores onde consegui algumas comissões grandes, para confirmar se as minhas expectativas são verdadeiras.

É verdade que não tenho dedicado tempo/espaço ao EPN, funcionando como uma espécie de passive income, mas vou analisar durante Outubro como se comportam os vários sites em que uso o sistema, nomeadamente através das lojas BANS, plugin PHP Bay Pro e os banners ou widgets que a plataforma disponibiliza e que estou a usar.

Eventualmente uma mudança de estratégia, conseguindo mais links ou uma maior exposição de banners poderá ser vantajosa, mas para já é preciso tempo para testar e eventualmente procurar informação relevante sobre o assunto.

Elegantthemes – temas premium 7

Não costumo escrever muito sobre templates para WordPress, fazendo-o quando acho que alguma se destaca dos demais. Ultimamente o desenvolvimento de templates para WordPress tem evoluído bastante e cada vez possuem mais funcionalidades e facilitam a customização. Muitos developers optam também por construir frameworks que facilitam depois a customização.

Ter uma template com qualidade pode elevar um projecto a outro nível, isto apesar de nem sempre considerar que estes temas mais evoluídos e desenvolvidos ao nível do design e funcionalidades são os melhores para rentabilizar projectos com pouco tráfego.

No artigo templates WordPress Premium falei de dois dos sites em que é possível adquirir alguns dos melhores temas WordPress. Hoje vou dar destaque ao Elegantthemes.

Na verdade os temas disponíveis no Elegantthemes destacam-se por várias coisas:

Design: Os temas têm um design bastante original e muitos vezes já trazem mais do que um esquema de cores, facilitando a escolha. Existem também diversas opções no painel de administração que permitem reconfigurar a forma como a informação é mostrada. Por outro lado os temas são compatíveis com os principais browsers do mercado. O código é XHTML e CSS é valido de forma a garantir a máxima compatibilidade. Os temas são também compatíveis com as últimas versões do WordPress e a sidebar é Widget ready. Ainda em relação ao design há temas adequados a diversos tipos de temáticas.

Suporte: existe um fórum onde é dado suporte por parte do criador do template, mas também de outros utilizadores que se depararam com as mesmas dificuldades ou problemas e que querem ajudar. Existe ainda um guia para troubleshooting, as FAQs e uma lista de tutorials para cada template.

Preço: O preço para poder ter acesso a cada um dos actuais 26 temas é de apenas $19.95/ano o que dá um preço por template bastante interessante, com tendência a que o número aumente fazendo ainda mais interessante esta proposta de preço da Elegantthemes. Na minha opinião cada um dos templates vale individualmente mais do que os $19.95 pedidos para ser membro.

Sistema de afiliados: também existe um sistema de afiliados para todos os que pretendem referir o Elegantthemes, e embora esteja com esse sistema activo neste tópico (fui alertado por não estar a usar anteriormente), não é essa a razão que me leva a promover o Elegantthemes. O sistema paga 50% pela venda, o que é bom em termos de percentagem embora não seja no final um valor muito alto, devido ao baixo preço do produto.

Outros: os temas tem todos um sistema que facilita a colocação ou gestão da publicidade, com a localização em locais estratégicos, permitindo ainda activar ou desactivar cada um desses locais através do painel de administração. O painel de administração é um dos factores diferenciadores destes temas e brevemente haverá novidades pois essas funcionalidades ou customizações irão aumentar ou tornar-se mais intuitivas. Outra das funcionalidades que facilita bastante o nosso trabalho ao produzir conteúdos é a que permite ajustar os thumbnails automaticamente, mostrando-os até de medidas diferentes consoante a página de visualização. A maior parte dos temas tem também a possibilidade de destacar artigos para mostrar na homepage.

Estou a usar 4 dos temas da Elegantthemes em 5 dos meus mais recentes trabalhos. Escolhi as imagens de alguns dos temas disponíveis dos meus trabalhos, para verem que realmente os estou a usar e o que refiro anteriormente é a minha opinião.

elegantthemes1

elegantthemes2

elegantthemes3

elegantthemes4

elegantthemes5

ofereço vaga em Curso Adwords 18

Creio que já fiz referência a isto, mas para além de ter o meu próprio servidor web, tenho também contas em outras empresas de alojamento, pelo menos mais 3. Uma delas é a PT Servidor que me ofereceu uma vaga num curso Adwords a decorrer no Porto a 26 de Setembro.

Acontece que eu já frequentei este curso de 1 dia e não estou por isso interessado em repetir. Vou por isso oferecer esta vaga à primeira pessoa que comentar aqui no artigo o seu interesse em participar.

O curso proposto foca-se na operação de uma conta Google Adwords e esta destinado a Empresários, Profissionais da Área de Marketing, Gestão e Informática, Gestores e a todos os bloggers que pretendem investir algum dinheiro para obter tráfego e vendas.

Este curso é ministrado pela Galileu com a duração 7horas. Para mais informações sobre o currículo desta formação visite a página informativa.

Na formação é ainda oferecido um vale AdWords de 50€ e no fim um certificado de formação Google!
Se queres aproveitar, coloca aqui o teu comentário.

Preparado para mudar de estratégia 0

Há duas máximas que são referidas várias vezes para quem quer ganhar dinheiro online com os seus sites e que são referidas várias vezes.

1. Não colocar os ovos todos no mesmo cesto.
2. Testar, testar, testar…

A primeira está relacionada com o facto de que não devemos estar dependentes de um único sistema de rentabilização nem de um único site. O que dá hoje dinheiro e que pode ser rentável pode não o ser amanha e um site pode sofrer penalizações, ataques, ver o seu tráfego diminuído devido às mais diversas razões, etc.

A segunda alerta-nos para o facto de que o modo como rentabilizamos um site pode nem sempre ser a melhor formato, e devemos fazer os devidos testes com cada um dos sistemas para poder tirar o máximo partido deles, optimizando-o, mas também devemos testar novos sistemas para aferir se podem ser rentabilizáveis ou não.

Quase todos os sistemas de rentabilização que uso, desde o Adsense aos sistemas de afiliados, passando pela venda de publicidade directa tem sofrido altos e baixos. As razões podem ser as mais variadas, desde flutuações de procura sazonais, alterações de tráfego, alterações no método de rentabilização, até sistemas que deixam de ser viáveis por ex devido a penalizações do Google.

Em determinada altura a publicação de reviews era um dos métodos mais eficazes de rentabilizar um site, principalmente se fosse em língua Inglesa. O mercado que explorava o Pagerank era bastante promissor. Depois o Google veio avisar para o perigo que isso podia provocar no ranking dos sites e este mercado atenuou.

Outro dos sistemas que vai ter alterações brevemente é o EbayPartnerNetwork. Este sistema de afiliados que pagava até aqui pelos registos de utilizadores conseguidos no eBay e por uma comissão dos produtos vendidos, vai mudar o seu modo de pagamento. Vai passar a ser um programa que paga por click, mudando do tipo CPA para CPC. Por exemplo quem tinha um site de nicho com pouco tráfego mas conseguia fazer algumas vendas de produtos caros, poderia receber uma comissão bastante interessante. Agora com o novo sistema e uma fórmula que determina o valor gerado em receitas pelo tráfego enviado para o eBay no curto e longo prazo para determinar o preço do click, vai ser um sistema que vai piorar as condições para quem não mande muito tráfego de qualidade para o eBay. Esta alteração vai ter efeito a partir de 1 de Outubro.

Certamente que deverá haver mais uma vez uma redução do valor gerado por este programa e assim devemos estar preparados para essa possível diminuição. Aqui o que podemos fazer é testes e tentar mais uma vez fazer alterações à forma como usamos o EPN para tentar gerar mais tráfego de qualidade e conseguir um CPC maior.

O Adsense também anunciou que irá aceitar novos sistemas de publicidade a concorrer pelos espaços do Adsense e desta forma permitir ganhar mais com o nosso site. São outras redes de publicidade que o Google certificará e que usará os mesmos formatos do Adsense. Aqui tenho poucas expectativas que tenha impacto nos sites em língua Portuguesa. Pelo menos as redes que me aparecem na conta do Adsense são completamente desconhecidas. Se nem as conhecidas têm anunciantes suficientes em Portugal a pagar a horas, muito menos terão as desconhecidas.

O mesmo acontece com os Sistemas de Afiliados. Já o disse aqui no blog mais do que uma vez que até nem costumo ter sorte com este tipo de programas. Um dos problemas está relacionado com o facto de que a maior parte deles é para língua Inglesa e aí não estou tão à vontade. Contudo passei a usar recentemente uma estratégia diferente para sistemas de afiliados em tráfego Português. Tive por ex sucesso imediato com a Tradedoubler com um programa que nunca pensei que tivesse tanta adesão. Foquei depois neste sistema, mas ao fim de algum tempo o programa deixou de funcionar, dando erros ao clickar nos banners e sem obter feedback da Tradedoubler. Mudei de estratégia e dediquei mais tempo à promoção da Netaffiliation e tenho tido umas conversões consideráveis.

Tudo este paleio para concluir:

1. Devemos conhecer os vários sistemas existentes para a rentabilização de um determinado site com tráfego de uma determinada origem, mesmo que em determinada altura esses sistemas não se adeqúem ou não sejam os melhores para rentabilizar esse site, mas poderá vir a ser necessário no futuro.

2. Formatos, cores e locais de colocações devem ser alterados periodicamente. Por um lado para se conseguir uma melhoria continua e identificar a melhor configuração para cada sistema. O uso de mais do que um programa de afiliados ou sistema de publicidade deve ser usado em conjunto e de formas distintas, pois muitas vezes complementam-se muito bem.

3. Devemos estar preparados para ter que fazer mudanças na forma como rentabilizamos um site, porque o que é rentável hoje pode não o ser amanha. O Google, eBay, Amazon, Bing, Facebook, Twitter, etc são empresas muito poderosas e que controlam a forma como recebemos tráfego e rentabilizamos os sites. Mudanças de estratégia destas empresas e o próprio mercado, obrigam-nos a estar atentos.

Pag 1 de 212

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com