artigo publicado

Ryanair e o Adsense 9

Mar 3

O Adsense é um sistema que funcionalidades únicas e que mais nenhum outro sistema de publicidade online possui. Contudo devemos ter sempre muito cuidado com a forma com que o usamos. Perceber como o sistema deve ser usado não tem muitos truques, mas também por ser fácil, leva a que por vezes sejam cometidos muitos erros.

O Adsense deve ser usado com especial atenção por empresas ou sites que pretendem promover serviços ou vender produtos. As razões para esse cuidado adicional podem ser facilmente enumeradas mas as principais são que os utilizadores do site vão questionar porque é que nesse site esta a tentar mostrar publicidade a outros produtos em vez de se centrarem na venda do próprio produto ou serviço, mas também, pela forma como os anúncios são contextuais, irão aparecer anúncios concorrentes nesse site, redireccionando potencialmente os utilizadores para a concorrência.

Os anúncios da concorrência podem ser bloqueados, usando a opção Competitive Ad Filter do Adsense, sendo que esta tarefa poderá ser muito morosa para poder ser efectiva, consoante o nicho do site.

Mas há muitas empresas que não percebem isto e usam o Adsense de forma errada como forma de obter rendimentos adicionais da sua presença online. Um caso interessante é o caso do site da Ryanair.

No site da Ryanair, quando procuramos um determinado voo, por ex do Porto para Dublin, são nos mostrados os dados do voo. Se não estivermos satisfeitos podemos fazer uma nova procura, mas também aparecem anúncios Adsense que mostram informação adicional. Os anúncios que podem aparecer (e podem fazer o testes) podem ir de anúncios de hotéis em Dublin, mas também, e pasme-se, anúncios da Easyjet, BMI ou KLM. Eventualmente um utilizador menos experiente, poderá escolher um destes anúncios e ir directo para o site concorrência, que ate pode ser mais atractivo e fácil de usar, levando a Ryanair a perder um cliente e a ganhar o equivalente a um click Adsense.

A menos que a estratégia da Ryanair para apenas por rentabilizar a utilização das casas de banho nos voos e o Adsense no seu site, esta estratégia, ou a forma errada de usar o Adsense está certamente a piorar os seus resultados financeiros. Ainda se os anúncios fossem apenas de hotéis ou aluguer de carro, eventualmente bastante rentáveis, ainda se justificaria, mas parece não ser o caso.

Melhor ainda. Se eu trabalhasse na Easyjet, facilmente direccionaria uma campanha Adwords para o site da Ryanair para lhe retirar potenciais clientes.

Fica assim o aviso para que as empresas tenham cuidado adicional na utilização do Adsense e também do Competitive Ad Filter. E casos como estes existem também em Portugal

subscreve os comentários

Existem 9 comentários neste artigo

  1. Nuno diz:

    Olá Rui
    Até é para rir esta, querem ganhar uns centimos e acabam por perder uns milhões.
    Este pessoal é mesmo esperto!

    O ideal seria fechar a empresa (voos) e ficar só com o site!

  2. exit diz:

    Bem sacado este exemplo!

  3. Informação sobre Crédito diz:

    Realmente está aqui um belo exemplo, por vezes a ignorância (ou a ganância) leva-nos a comer certos erros.

  4. joliveira diz:

    Talvez até tenha sido o webmaster que fez o site a colocar o código adsense dele e a empresa nem sabe 🙂

  5. Antonio diz:

    Não sejam tão rápidos no gatilho.
    Talvez a companhia esteja apenas experimentar com o adsense mas pode ser até que exista já uma boa justificação para o adsense. Eles têm a informação de milhões de utilizadores, devem saber quantas pessoas desistem de comprar, quantas deixam a compra a meio e estimarão até quantos clientes vão perder para a concorrência (a minha estimativa = muito poucos). É até uma forma de monetizar os não satisfeitos e dessa forma garantir nova fonte de receitas.

    O Adsense também vai lindamente com a estratégia agressiva da Ryanair de cortar nos custos e oferecer o voo ao melhor preço. Passa a imagem de que a empresa aproveita cada nesga para fazer dinheiro, sabe que tem os melhores preços e por isso não teme a concorrência (Querem voar noutra? Pois façam bom proveito, a perda é vossa, parecem sugerir.)

    Se eu fosse à concorrência ponderava se valeria a pena deixar que os nossos anúncios aparecessem no site da ryanair. Não sei se isso fará muito sentido, mas sei que provavelmente seria de investigar.

  6. Rui Augusto diz:

    Não creio que seja propositado, é que as empresas não investem para levar clientes para a concorrência. Repara que basta ir ao Adsense e dizer que não querem mostrar anuncios da TAP, BMI, EASYJET e outras companhias aéreas, colocando obviamente o domínio do site.

  7. Manuel Moreira diz:

    Rui, regra geral a perspectiva que traçaste é a que parece obviamente a mais correcta. Para quê colocar anúncios para concorrentes no nosso site?

    Mas, penso que o António terá captado o real propósito da Ryan Air. Além disso e sem me alongar em Ctr’s e custos por click, se calhar a Ryan Air ganha mais com o Adsense do que com as passagens propriamente ditas…

    Bom exemplo e talvez até seja um belo case study de aproveitamente de users que não se tornam clientes. Bounce rate a quanto obrigas…

    Cumps

    MM

  8. Jorge Lima diz:

    Também não me parece propositado, acho que deve ter sido um bug na preparação do adsense

  9. Hugo Mateus diz:

    Olá
    Quando se tem muita gente a trabalhar por vezes são cometidos erros que demoram a se dar conta e este deve ter sido mais um de muitos 🙂
    Cumprimentos
    Hugo Mateus

Deixa a tua opinião neste artigo

* campos obrigatórios

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com