artigo publicado

Balanço de 2010 12

Tal como tenho feito em anos anteriores, vou partilhar aqui um balanço dos meus projectos online em 2010. O facto de estar a blogar menos não se deve à falta de interesse, mas à canalização do meu tempo livre para realmente desenvolver os projectos que me dão mais gozo.

Também como nos anos anteriores vou dividir esta recapitulação por temas, tal como no ano anterior.

Adsense: continua a ser a minha maior fonte de rendimentos e este ano foi também o ano mais rentável tendo conseguido atingir uma meta interessante e aumentando quase em 50% os rendimentos face ao ano anterior. Isto foi conseguido diversificando e apostando em outras temáticas e diminuindo também o número de impressões de blocos adsense. Consegui este ano o meu melhor mês de sempre, e também o melhor dia. Os ganhos eventualmente até poderiam ser maiores, mas tenho sempre que encontrar o equilíbrio correcto entre outras campanhas de afiliados e a publicidade directa. A nova interface do Adsense veio potenciar também uma melhor análise dos vários critérios e assim poder melhorar ainda mais no próximo ano. Destaco ainda o evento do Adense em Lisboa que embora não tenha trazido muito de novo, foi interessante para o networking com outros webmasters.

Netaffiliation: apesar dos problemas e críticas à plataforma, consegui melhorar os ganhos 2,7vezes face ao ano passado. A presença da Netaffiliation no ecommarketing show permitiu desbloquear um pagamento e acabou por facilitar o diálogo com o suporte. Ao contrário do que lêem em outros blogs, não é com a campanha de angariação de webmasters para a netaffiliation que me rende mais, pois esta é praticamente residual para mim.

Novas fontes de rentabilização: como sempre recomendo, também eu procurei novas fontes de rentabilização para os meus sites. Experimentei a Ozonion, passei a usar a Hifficiency e Vibrantmedia, assim como a difundir campanhas CPM da Livebox. O final do ano podia ter sido épico com uma campanha CPM da BMW no tuning.online.pt que se ficou por metade das impressões que inicialmente foi proposto. Contudo foi um valor muito interessante e eventualmente uma das mais rentáveis que já difundi. Ficaram outros sistemas por testar, eventualmente tenho que dedicar algum tempo ao tráfego do Brasil e passar a utilizar mais o Google Doubleclick For Publishers para segmentar esse tráfego.

Aquisição de sites: Este ano dediquei a maior parte do tempo a desenvolver projectos que mostraram potencial. No entanto fiz duas aquisições de dois websites já estabelecidos. Um deles agora em Dezembro, mas outro, mais importante, onde consegui recuperar o investimento em apenas 6 meses, depois de personalizado o site e investindo algum tempo no design e conteúdos.

Conteúdos: os conteúdos de qualidade continuam a ter muita importância, mas também a rapidez com que se publicam. Nesta área segui a mesma estratégia de 2009, tentando fazer outsourcing da escrita de artigos. A diferença é que este ano consegui encontrar um serviço de qualidade e que me garante a continuidade do serviço mas também alguma autonomia. A estratégia é para continuar no próximo ano.

Subcontratação de serviços: este ano procurei sempre parcerias e adquirir serviços que me garantissem rapidez e utilização da experiência na execução de certas tarefas. Foi na área do design templates wordpress que mais recorri a este tipo de serviço (para além dos conteúdos referidos anteriormente), mas também em áreas mais específicas como por ex o facebook. Acredito que este é também um caminho a seguir no próximo ano pois não me pretendo especializar em certas áreas nem perder tempo com outras.

Eventos: foram vários os eventos em que participei este ano, no entanto o destaque vai para o e-commarketing show e para o evento Adsense em Lisboa.

Outros projectos: em 2010 esteve em desenvolvimento, juntamente com um amigo, uma ideia que esteve quase para ser lançada no mercado. Por limitações da plataforma que se iria usar, o projecto foi abandonado. No entanto ficou a vontade de lançar alguma coisa diferente e quem saber se não será 2011 o ano?

Custos: numa altura de crise, é importante não só aumentar as receitas como reduzir os custos. Foi este também um dos objectivos este ano, sempre que não colocasse em causa a qualidade do serviço. Poderia ter ido mais longe nesta área ou ter efectuado determinadas acções mais rapidamente. A migração do meu servidor principal para a PTservidor foi uma dessas acções.

Passei a utilizar como software de facturação o Invoic€xpress, que me permite ter acesso a dados de clientes, facturas e a reporting em qualquer lugar. Recomendo.

Para 2011 espero que seja pelo menos tão bom como 2010 para os meus projectos online.

subscreve os comentários

Existem 12 comentários neste artigo

  1. César diz:

    Tenho pena desta diminuição da artigos, focavas alguns temas interessantes, mas o que é certo e que a informação existe por todo lado e só questão de a procurar. Dentro dos possíveis vai mantendo algumas experiências e vivências pessoais são sempre enriquecedoras.
    Espero que tenhas tanto ou mais sucesso que este ano e já agora bons entradas!

  2. O AdSense também me deu muitas alegrias este ano, seguido da NetAffiliation.

    As novidades foram a Hifficiency e o NetLucro.

    Vou testar esse software de facturação, o meu actual é muito fraquinho.

  3. Tomé M. diz:

    De facto também tenho saudades de alguns artigos que eram escritos aqui na Tolnetwork.

    Mas se esta redução faz com que tenhas mais tempo para outros projectos onde ganhas mais então apoio-te! 😀

    Votos de Sucesso para 2011

    Abraço

    Tomé M.

    P.S. Para o ano quero ver se também faço um Balanço da minha situação. Isto porque o meu Projecto ainda é muito recente… 😛

  4. Leonardo diz:

    Feliz 2011 e sucesso com o blog !!!
    A meta é triplicar os números! como todo começo de ano! =)

    Abraços

  5. […] nós pensamos que Google AdSense é o mundo. Inclusive um grande Webmaster Português, Rui Augusto, anunciou no seu blog que a sua maior fonte de rendimento tinha sido o Google AdSense. Embora respeite quem use, e eu […]

  6. Rui Cruz diz:

    Boa laraxa esta. 🙂

    Rui

  7. Marcelo diz:

    Gostei do resumo.

    Particularmente gostaria de saber um pouco mais da tua experiência na aquisição de sites e na subcontratação de serviços.

    Talvez possas escrever algum artigo no futuro a esse respeito.

    Bom Ano!

  8. Olá Marcelo. A minha experiência na aquisição de sites resume-se a 3 sites penso eu. Uma delas acabou por ser um falhanço, pois o tema não me interessou, apesar de ter potencial para muitos. Era um site de voos low cost que comprei a um colega de trabalho. Acabei por desistir do site.

    No entanto comprei mais dois, um deles em Abril, O endividado, que era um site que ja conhecia e que estava bem desenvolvido, e tinha duas mais valias, uma advogada a contribuir no esclarecimento dos utilizadores num forum e depois era um assunto que eu já explorava noutros sites. Tal como disse rapidamente obtive retorno do investimento nesse site.

    houve outro agora em Dezembro, também ligado à tematica informativa sobre créditos e que estou agora a começar a explorar.

    Esqueci-me de um….comprei também um dominio na área do tuning que estava expirado, já não consegui os conteudos, mas aí foi mais para manter os links que tinha. Ainda não dediquei muito tempo.

    Mas normalmente comprar sites não é coisa que procure muitas vezes.

  9. […] nós pensamos que Google AdSense é o mundo. Inclusive um grande Webmaster Português, Rui Augusto, anunciou no seu blog que a sua maior fonte de rendimento tinha sido o Google AdSense. Embora respeite quem use, e eu […]

  10. Marcelo diz:

    Rui,

    Obrigado pela explicação. Acho que realmente pode valer a pena comprar sites ou mesmo domínios expirados. Econommiza-se muito tempo.

    Boa Sorte!

  11. criar site diz:

    ” fazer outsourcing da escrita de artigos”

    Eu gostaria muito de fazer outsource de conteúdos, mas não encontro onde. Você poderia compartilhar conosco onde você consegue bons criadores de conteúdo?

  12. eu encontro criadores de conteudos basicamente em foruns. Uso o digital point para ingles e o mais tráfego para portugues.

Deixa a tua opinião neste artigo

* campos obrigatórios

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com