artigo publicado

Diz adeus ao SEO e dá as boas vindas ao Adwords… 9

A optimização para os motores de pesquisa tem mudado muito nos últimos anos. Chegar aos primeiros lugares para os termos de pesquisa mais importantes é cada vez mais uma tarefa complexa, não só pela quantidade de factores que estão envolvidos nos rankings e cuja influência de cada um não passa de suposições, mas também porque as primeiras posições já não são da pesquisa orgânica.

Excluindo o Facebook, os principais sites e serviços existentes na internet pertencem ao Google, com destaque para o Google Maps e o Youtube. Com toda a certeza as aquisições não ficarão por aqui.

As recentes alterações que o Google vem introduzindo fazem com que cada vez menos espaço esteja disponível para a pesquisa orgânica. Quem não dominar Adwords poderá a curto prazo ver o seu tráfego diminuir bastante, mesmo já tendo dominado posições importantes na pesquisa.

A pesquisa universal faz com que vídeos e mapas apareçam como parte integrante dos resultados de pesquisa das keywords mais importantes. Tinha já feito referência a isto para a pesquisa no Google.com mas hoje acontece já no Google.pt.

Como exemplo mostro o que vejo no ecran do meu computador para a pesquisa de carros usados. Acontece que só visualizo 3 resultados de pesquisa orgânica.

A colocação dos resultados do Google Maps na pesquisa orgânica é também agora uma espécie de promoção desse serviço do Google. Supostamente ao clickar num dos resultados que aparecem no mapa, deveria direccionar o utilizador automaticamente para o site de destino. Acontece que agora o Google obriga a um click adicional, podendo ou não o negócio que aparece listado ter um site próprio. Façam o vosso teste e vejam a popup que aparece onde só depois é possível ter acesso ao link para o site de destino.

No seguinte exemplo que até acaba por me beneficiar, só aparecem dois sites, o resto são elementos da pesquisa universal.

A qualquer momento estes resultados poderão abranger cada vez mais keywords e eventualmente o tráfego orgânico proveniente do Google poderá descer para muitos sites. A alternativa poderá ser o investimento em Adwords.

Não percebo muito esta mudança de política…mas a maior parte dos links que aparecem nestas pesquisas são pagos…lembro-me sempre da frase do Matt Cutts…comprar links é como comprar para ter amigos.

Não sei o que vocês acham, mas sem o SEO perde um pouco a piada…

subscreve os comentários

Existem 9 comentários neste artigo

  1. Juka Araujo diz:

    Oi amigo. Eu não concordo com sua abordagem. Mesmo com seu site aparecendo em 10º lugar na SERP orgânica, a taxa de cliques será maior que os primeiros colocados da seção de patrocinados. Sem contar que orgânico é FREE contra um CPC alto em algumas palavras dos patrocinados. Concordo em relação ao serviços do Google que quando aparecem no meio da orgânica prejudicam todo o trabalho de SEO mas isso não é motivo para se render aos patrocinados.
    Grande abraço

  2. gabriel diz:

    Começou com um espírito livre – e ainda é o que é preconizado na era do 2.0 – à medida que a Net se desenvolve começa cada vez mais a tornar-se um negócio e o Google é o grande responsável por isso.

    E estão sempre a inventar coisas novas. Não sei se viste os vídeos do segundo dia do Google I/O e os novos modelos publicitários que vão introduzir para o Android – aquilo é demais, cada vez mais invasivo.

  3. Eduardo diz:

    Eu continuo achando que SEO é a melhor solução para se conseguir mais visitas, pois além do custo ser baixo comparado ao adwords, ele traz resultados!

  4. Eduardo eu também acho que SEO é melhor do que Adwords, para qualquer negócio, no entanto assim as coisas começam a ficar cada vez mais dificeis.

    O objectivo deste meu artigo é mostrar que o Google está agora a tirar partido da sua posição dominante para promover os seus negócios…

  5. Olá!
    Acho que se a coisa for ficar para esse lado mesmo será muito injusto, pense, só quem tiver dinheiro (e quanto mais melhor) para investir no Adwords terá direito de aparecer nas primeiras páginas.
    Agora, lembrei-me de outra coisa, será que o Adwords anda tão bem das pernas assim? Só no mês passado recebi duas cartas com crédito de 100 reais para anunciar nele, chegou do nada….
    Parece que estão a dar mais ênfase aos anúncios nas páginas de pesquisa para não perderem anunciantes, será?
    Um abraço!

  6. O ponto é mesmo esse, está a ficar injusto para certas keywords! há que trabalhar long tail….enquanto podemos…

    Sobre o Adwords…isso das cartas sempre aconteceu, não creio que seja falta de anunciantes.

  7. Francisco diz:

    Viva Rui,

    Interessante a tua abordagem, concordo inteiramente com a tua análise.

    Isto só significa, mais e mais €€€ para o google, porque 70% dos utilizadores ou mais, não faz a mínima ideia que aqueles são links pagos… e vai clicar logo nas primeiras opções!

    Perde o SEO e ganha o Google! Normal 😀

  8. O caso mais flagrante, neste momento, é o da pesquisa por algo relacionado com o Mundial de Futebol.

    Apesar de estar a ‘melhorar’ com o findar da competição…

    É efectivamente uma situação complicada.

  9. Ou seja SEO vai morrer e so tem posição hank google quem tem dinheiro para pagar bem o adwords

Deixa a tua opinião neste artigo

* campos obrigatórios

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com