artigo publicado

The Times perde tráfego com mudança de política 3

Já aqui tinha abordado a temática dos conteúdos dos jornais online passarem a ser pagos, mas com a notícia divulgada hoje, não poderia deixar de fazer nova referência.

No dia 2 de Julho começou a ser pedido aos leitores do “The Times” que pagassem para acederem ao que era publicado no sítio de Internet, mas a decisão de Rupert Murdoch, o proprietário da News Corporation, detentora do jornal, não está a ter resultados positivos.

Segundo dados analisados pela Experian Hitwise referidos pela Bloomberg, o tráfego na semana que terminou no dia 10 de Julho desceu para um terço do verificado antes do pedido de registo pago, ou seja, perdeu 67% do número de visitantes.

Já em relação à quota de mercado britânico, o sítio da publicação caiu de 4,46% para os 1,43%. Este jornal, em conjunto com o “The Sunday Times”, foi o primeiro a mudar para um modelo de pagamento pelo conteúdo online no Reino Unido.

O acesso online custa uma libra (1,18 euros) por dia.

Assim, está vista qual a consequência desta abordagem por parte dos grandes senhores dos media. Resta saber quando voltam atrás com a abordagem. Neste caso trata-se do “The Times”. Com os mais pequenos os resultados serão ainda piores. Só tenho pena é que não façam já todos isso!!!

subscreve os comentários

Existem 3 comentários neste artigo

  1. Se fosse um euro por Mês até vai,mais por dia,se f****ram!!rsrs

    Em vez de fazer que nem os blogs e sites e ganhar com publicidade direta e indireta…

  2. Esse 1.5€ por um dia é apenas para experimentar o site. Mensalmente o valor é de 1.5€ para o primeiro mês e 3€ por semana depois.

    De qualquer maneira, penso que seja preferível organizarem-se (pelo menos, todos os jornais com ideias de começar a vender o acesso ao site) e lançar a venda do acesso ao site ao mesmo tempo.

    A reacção seria melhor, penso eu, e obrigaria os utilizadores a começar a pagar pelas coisas que consomem online, fazendo com que as pessoas que o fizessem ficassem mais abertas ao comércio electrónico.

  3. O jornal com esse calibre tem tudo para ter sucesso apenas com as receitas publicitárias.

    Indo por esse caminho a consequência óbvia é perder leitores e cota de mercado, a troco de mais meia dúzia de euros.

    Concordo contigo quando dizes qu os jornais poderiam fazer todos isso. Eu acrescento: as redes sociais também podiam seguir esse caminho!… Não se perdia nada…

Deixa a tua opinião neste artigo

* campos obrigatórios

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com