Categorias SEO

Links para o fim-de-semana 3

Como estou de férias, o post de hoje vai ser apenas uma série de referências interessantes para leitura de fim-de-semana.

Começo com um link para o artigo Does Search Engine Optimization Make a Difference? Que o Darren Rowse publicou e que mostra a evolução do tráfego para o seu fórum de fotografia depois de instalar uma mod no fórum relacionada com o SEO. Eu uso não esta, mas outra mod e os resultados são bons. Não tenho o antes e o depois para vos mostrar, porque a uso desde o início da migração para vbulletin.

No blog Seomoz, as sextas são os dias dos vídeos do Whiteboard. Muito interessantes sempre e com temas muito actuais, é sempre algo a que dou alguma atenção. O artigo de hoje é sobre o futuro do SEO, numa perspectiva muito pessoal do Scott Willoughby.

O Custódio publicou um artigo abordando como Ganhar dinheiro com blogues de nicho e venda de links. Embora não seja nada de novo, ele tem uma abordagem de contactar empresas que anunciam no Adwords, oferecendo relevância e pagerank em sites de nicho.

Perdi a pachorra para o blog do John Chow há muito tempo, no entanto hoje, enquanto lia as feeds, notei que ele publicou um artigo mostrando o tráfego que o Google lhe tem enviado desde que lhe retirou a penalização.

Entretanto eu, publiquei um artigo ontem no tuning caffe onde mostro a estratégia global da marca de carros Fiat nas redes sociais. A Fiat agora tem uma presença nas principais redes sociais e sites web 2.0 que mostram uma estratégia bem definida e com objectivos claros para o futuro.

Apenas uma referência à foto que ilustra o artigo, é de um evento em Moscovo da Bavaria, não tinha nada mais relevante para mostrar!

Bing.com e os webmasters 6

Numa coisa acho que a Microsoft com o Bing.com pode facilmente melhorar relativamente ao Google.com, que é na componente do suporte e da documentação dada aos webmasters e todos aqueles que publicam informação na web.
Neste sentido aos poucos vai começar a surgir informação relevante para todos os interessados em melhorar o posicionamento no novo motor de pesquisa ou de decisão como a Microsoft lhe chama.

Assim a Microsoft publicou um white paper que me parece bastante interessante para uma primeira abordagem ao Bing.com e que explica as novas funcionalidades do Bing e como elas se relacionam com os posicionamentos nos resultados de pesquisa. Este white paper também faz uma pequena abordagem ao SEO necessárias para o Bing.

Ainda não li tudo, mas certamente que o farei com a maior brevidade e espero que o Bing possa ter o sucesso suficiente para se constituir como uma alternativa válida ao Google, mesmo que com uma pequena quota de mercado. Isso só vai fazer bem à concorrência e a todos os que procuram tráfego e rentabilizar os seus websites e blogs.

Pode ser feito o download do white paper em Novas funcionalidades para webmasters.

Pagerank sculpting 4

Certamente á muitos de vocês leram sobre as técnicas para usar links nofollow para certos links internos, de forma a que outros links mais relevantes, externos ou internos recebam mais linkjuice ou pagerank. Isso chama-se pagerank sculpting.

E se de repente o Google nos obrigasse a desfazer o que muitos webmasters andaram a fazer para estar de acordo com as “normas” do Google e que foi previamente aconselhado? Hoje o Matt Cutts (Google spam fighting czar) anunciou na SMX advance que esta técnica deixará de funcionar brevemente. Assim a forma como o algoritmo do pagerank trata o nofollow poderá mudar brevemente. Num artigo do SearchEngineLand, é feita uma boa analogia entre pagerank e dinheiro e aconselho a lerem e é criticada fortemente esta nova abordagem por não ser retrocompatível.

Também li o artigo no SEOmoz que faz referência a este facto. Sei que isto vai ser debatido nos próximos tempos e gerará muitos artigos em blogs.

Hubpages vs Squidoo 8

Li uma vez que nenhuma campanha de linkbuilding fica completa sem a utilização de Hubpages e Squidoo Lenses. Todos sabemos que a autoridade de um site e o posicionamento nos motores de pesquisa está relacionada com a qualidade e quantidade de backlinks, principalmente de bons domínios.

Neste artigo vou comparar estes dois sites relativamente ao tipo de conteúdo e backlinks que se podem obter, mas também focar um pouco da rentabilização que se pode fazer em cada um deles. Não tenho como interesse principal a rentabilização monetária destes sistemas, mas sim utiliza-los numa perspectiva de linkbuilding.

Sites como o Squidoo e hubpages podem proporcionar links contextuais bastante relevantes, pois tratam-se de domínios com grande autoridade e tráfego. Estes links são ainda gratuitos e podem ajudar a melhorar qualquer campanha de linkbuilding.

  • Squidoo: 2270 Google backlinks, Alexa 482, 153 692 links de 5093 dominios
  • Hubpages: 613 Google backlinks, Alexa 425, 1691 links de 652 dominios

Assim o que podemos fazer é aderir a estes sites e publicar conteúdo original relacionado com os sites que pretendemos promover. Depois de publicados estes artigos devem ainda ser promovidos para terem uma autoridade maior e conseguirmos assim um ranking maior nos próprios sites, conseguindo mais tráfego.

No entanto cada um destes sites tem as suas particularidades que é preciso conhecer:

No Squidoo, o autor é um Lensmaster e cada página publicada é uma Lens. Nas Hubpages quem publica o conteúdo é o author e cada página é uma Hub. Podem-se adicionar blocos a cada uma destas páginas, que se chamam Modules no Squidoo e Capsules no caso das Hubpages. As Lenses precisam de três módulos para ser publicadas, as hubpages apenas uma cápsula.

No Squidoo é possível publicar conteúdo adulto, embora seja numa categoria separada e não seja visualizado por todos. Nas Hubpages já não há essa possibilidade. É mais fácil também trabalhar com html no Squidoo e publicar páginas. Há também uma maior diversidade dos conteúdos (Modules vs Capsules) que se podem colocar no Squidoo.

Os urls para cada artigo são também diferentes. No Squiddo o artigo aparece como . Nas Hubpages aparece como , sem o www e com hub no url.

No Squidoo, os visitantes podem dar uma pontuação até 5 estrelas, nas Hubs o sistema permite dizer se gostamos ou não do conteúdo. Há vantagens e desvantagens com cada um destes sistemas de pontuação.

No Squidoo existe um ranking que varia entre 1 e 250.000, sendo que 1 é o melhor. Estar nas 1000 primeiras é muito bom. Nas Hubpages o ranking é entre 100 e 1, com 100 o melhor valor. Pode por isso haver várias páginas com um ranking de 100. O Hubscore é actualizado a cada 10min enquanto o Lensrank é actualizado 1 vez por dia. Ao nível das estatísticas, ambos os sistemas permitem visualizar estatísticas de tráfego, como visualizações e origem do tráfego.

Um dos pontos importantes a reter deste artigo é que ambos os sistemas podem proporcionar backlinks de grande qualidade. No entanto nas Hubpages os links colocados no texto só ficam sem o atributo nofollow se a pontuação dessa hubpage ultrapassar os 75. Não é difícil conseguir chegar a 75, mas é preciso fazer alguma promoção desses conteúdos, conseguindo tráfego e backlinks para esses artigos. No Squidoo os liks são dofollow e por isso podem contribuir mais facilmente com o chamado “link juice”.

Existem ainda diferenças quanto à rentabilização destes sistemas. No Squidoo os ganhos são divididos 50/50 com a Squidoo, apenas precisamos de ter uma conta paypal, nem sequer precisamos de nos preocupar em ter um site ou conta Adsense, eBay, etc. O pagamento é feito quando se atinge os $50. Nas Hubpages por outro lado, adicionamos os nossos dados Adsnese, eBay, Kontera e Amazon e podemos ter acesso directo aos relatórios e ganhamos a totalidade da comissão. Mesmo não se tendo uma conta Adsense, através das Hubpages podemos submeter o conteúdo para aprovação e assim ter acesso a uma conta Adsense (será esta uma boa estratégia para obter uma conta Adsense?).

Ambos os sistemas tem um sistema para referir outros membros, podendo-se ganhar com isso. No Squidoo, cada utilizador que se refere, dá a ganhar $5 a quem refere mas também ao referido, mas só depois deste atingir $15 nos ganhos, para evitar a fraude. Nas hubpages o que ganhamos são impressões de páginas, o que pode ser bom a longo prazo se conseguirmos rentabilizar os nossos conteúdos.

Exemplos de hubpages: Advantages of hybrid cars
Exemplos de Squidoo lenses: Car racing online games

Assim, com o recurso a estes sites podemos obter alguns links grátis de qualidade, embora obviamente obrigue a ter algum trabalho. Trabalho esse que pode ser recompensado com rendimentos nas próprias páginas, através do envio de tráfego para os nossos sites e claro através da obtenção de links para os nossos sites. Seguem-se exemplos de páginas: Squidoo

Vale a pena concentrar nas páginas do Squidoo por causa da facilidade em obter os links sem o nofollow? O que aconselho é que usem os dois sistemas, publicando conteúdos diferentes em cada um deles para poderem ganhar backlinks de dois domínios diferentes, o que é sempre bom para que os nossos sites ganhem em autoridade.

Apenas duas notas finais, a primeira é para o blog do custódio, onde lançou recentemente um desafio de publicar 100 hubs em 100 dias. A outra é para o facto de que há quem venda o serviço de criação e divulgação de hubs e lenses, não precisas de ser tu a fazer isso. Se alguem quizer um convite e ser meu afiliado no Squidoo pode deixar aqui um comentário que eu envio o mail.

Pag 3 de 1412345...10...última »

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com