Categorias sobre o site

BANS design – parte IV 0

Jun6

Depois de configurado e optimizado o site BANS devemos tratar do aspecto visual da mesma. O script possui algumas templates em vários formatos que permitem dispor os artigos e as secções do site ao nosso gosto. Contudo, se não fizermos nada, dificilmente conseguiremos as conversões suficientes, pois o nosso site deve transpirar credibilidade.

Há várias abordagens possíveis, a procura de templates grátis, a compra de templates Premium, ou até a modificação das templates disponibilizadas. Eventualmente podem até contratar um designer para vos fazer uma template à medida.

O mínimo que devem fazer é mudar as cores da template e colocar um header decente. Se não possuem conhecimentos de CSS podem usar a ferramenta Color My BANS para customizar as cores e transferir as alterações para o ficheiro style.css. Recomento a utilização do site para fazerem os vossos testes.

Em comprei um pack de templates no site Ian Fernando. A vantagem destas templates, é que modificam bastante o layout das BANS possibilitando algumas funcionalidades extra como a colocação de banners. No entanto, mesmo para estas, aconselho a customização. Um ex de uma destas templates customizadas pode ser visualizado na imagem seguinte.

bans custom template

Outra das abordagens que tive para uma outra loja, foi a customização de uma template free. Nesta loja investi algum tempo na optimização do design e na escolha de um esquema de cores do meu agrado e de acordo com o tema da loja. Creio que o resultado ficou bastante bom, fica a imagem.

BANS Free template

Também tive que adaptar uma das stores a um tema wordpress que já uso. Aqui as alterações exigiram que tivesse que falar com o Rui do Web2themes para me fazer o tema à imagem do que ele já tinha feito para o blog. Neste caso a BANS foi instalada num subdomínio e serve como complemento ao blog. Fica a imagem da comparação do tema do blog com a BANS.

custom template bans wordpress

Com uma procura no Google facilmente encontrarão algumas templates pagas ou gratuitas, ficam aqui os meus preferidos:

Acredito que um bom design para o vosso site facilitará a conversão e manterá no site o utilizador mais tempo. Tal como outro site, prestem a mesma atenção à integração de outros sistemas de publicidade, nomeadamente o Adsense.

Para amanha fica o último artigo da série. Os artigos anteriores são:

BANS (tudo sobre as) parte I
BANS a escolha do nicho – parte II
Optimização da BANS – Parte III

Case study: takeover 5

Depois da experiência do takeover partilhada pelo João, cabe-me a mim partilhar o que aprendi com a experiência e dar algumas dicas para eventuais interessados em adquirir ou vender espaço publicitário da mesma forma.

Para quem não visitou o blog nessa altura, o takeover consistiu na alteração do design do blog durante 3 dias. As alterações consistiram na incorporação de elementos gráficos do site anunciante, com a temática “outra forma de ganhar dinheiro online”. Na imagem seguinte fica uma pequena amostra de como se apresentava o aspecto do Tolnetwork.com.com.

takeover

O que este formato tem de melhor é que não dá espaço a qualquer tipo de ad-blindness ou indiferença à publicidade, principalmente com os utilizadores frequentes do site. Desta forma o retorno para o anunciante é maior.

Lembro que na minha actividade online tive que recorrer muitas vezes a comprar publicidade e testei vários formatos e sites com mais ou menos visitas. Ao vender publicidade num site tento também que o retorno seja do agrado do anunciante e não tenho problemas em identificar ao anunciante que o retorno poderá não ser o que ele pretende, perdendo assim eventualmente um cliente. Quando se vende publicidade vende-se também um serviço e tento sempre que esse serviço seja de qualidade.

A principal motivação para esta acção consistiu em experimentar uma coisa nova. Ao contrário do que possam pensar alguns, não foi o dinheiro que eventualmente recebi que me motivou. Este assunto parece preocupar sempre muitos leitores do blog. Não vejo qualquer problema em se tirar proveito de um qualquer projecto online, alias, nenhum jornalista escreve de borla nem conheço empresas que não tentem ser rentáveis online ou offline.

Repetindo o que está na página sobre do Tolnetwork.com: “O que me motiva é a partilha de técnicas e métodos por mim testados que façam com que bloggers e webmasters possam rentabilizar os seus projectos, da mesma forma que eu o faço. Os meus rendimentos do Tolnetwork.com não tem expressão alguma quando comparados com os meus outros sites”.

Assim, e indo directo aos números… de visitas…o PTBluff recebeu 206 visitas, com maior incidência no primeiro dia. Estas visitas converteram-se em 8 registos no sistema de afiliados que o João usa. O preço por visita não vou partilhar. Apenas para introduzir um termo de comparação, tive um banner para um site em exibição 15 dias no JohnChow.com (Alexa 4415) e rendeu 308 visitas; tive um banner e review simultâneos durante 30 dias no carlocab.com (Alexa 33724), número 1 para a procura orgânica para “make money online” e recebi 255 visitas. Com estes números parece-me que os resultados foram bastante bons, tendo em conta o tráfego do Tolnetwork.com.

Uma coisa que não sei medir é o reconhecimento da marca PTBluff. É certo que hoje muitos de vocês já sabem de que trata o PTBluff. As mesmas visitas repartidas por 10 ou 20 sites não produziriam o mesmo resultado.

Mas como dizia antes, para uma iniciativa deste tipo ter os seus resultados não basta cobrir o site de banners. Algumas notas que recolhi que considero importantes para eventuais acções do género e para melhorar da próxima vez são:

1 – Ate certo ponto tive sorte com o design do PTBluff. O blog tem uma imagem perfeitamente identificável e única. Ainda por cima o João especificou como gostaria que ficasse o tema. Se fosse hoje tornaria o design ainda mais identificável com a marca a anunciar. Faltou um pouco de cor a meu ver. Para trabalhar a parte gráfica nos dias anteriores usei o plugin Theme Test Drive. Desta forma pude trabalhar no tema estando este apenas visível para mim. Este plugin é útil para qualquer teste ou mudança que se queira fazer no blog. Se o anunciante não possuir elementos gráficos interessantes o resultado não será bom.

2 – Para se avançar com uma iniciativa deste tipo não podem ter compromissos de publicidade com nenhum outro anunciante, ou caso contrario deverão chegar a acordo para remoção temporária dos restantes banners. Para a acção ter sucesso não deve haver caminhos para outros anunciantes ou conflitos de interesses.

3 – As datas devem ser escolhidas com cuidado. Eventualmente uma iniciativa deste tipo que aconteça num fim-de-semana não terá o mesmo impacto que outros dias. Eventualmente convém olhar para as tendências de tráfego ao longo do mês e sugerir ao anunciante a melhor altura. Uma iniciativa deste género poderá anunciar um evento. Neste caso a escolha das datas estão relacionadas com a data do evento.

4 – Os links deverão apontar para uma landing page específica. Desta forma poderá captar-se mais rapidamente a atenção dos visitantes e trabalhar a página nesse sentido. Isto será válido para qualquer outro tipo de publicidade, quer seja PPC ou Banner. Neste caso o João fez um post de boas vindas aos visitantes do Tolnetwork.com explicando o objectivo do seu blog e como pretendia prender os visitantes. Depois de gerada a visita, a conversão está do lado do anunciante.

5 – No blog ou site poderá ser criado algum tipo de expectativa ou suspense nos dias anteriores à acção. Eventualmente provocará maior curiosidade na altura do takeover sobre produto a anunciar.

6 – Durante os dias do takeover comprometi-me a publicar um artigo por dia no blog. Isto é importante para garantir as visitas e um maior retorno para o anunciante. Se os artigos estiverem de certa forma relacionados com a temática do anunciante ou tiverem referências ao mesmo, o resultado será mais positivo.

7 – Eventualmente a iniciativa não será do agrado de todos os visitantes. É preciso estar preparado para isso e lidar com a situação. A polémica motiva sempre o debate e esta acção gerou bastantes comentários.

Resta apenas dizer que já tive contactos para repetir a acção aqui no Tolnetwork.com e que eventualmente se repetirá, nem que seja para o lançamento de outros projectos meus.

Pepperjam Network 2

Jan15

Hoje foi anunciada uma nova rede de afiliados. A Pepperjam propõe-se constituir a próxima geração de redes de afiliados através do lançamento da Pepperjam Network.

Segundo os objectivos desta empresa, oito anos de estudos, investigação e consolidação de várias ideias, levaram à criação deste novo sistema para permitir ganhar dinheiro com programas de afiliados.

Para além de algumas melhorias, pretendem essencialmente resolver dois problemas comuns com os sistemas de afiliados:

1. Ferramentas de comunicação insuficientes ou pouco credíveis
2. Falta de transparência.

Com este sistema, os anunciantes e os afiliados podem até comunicar em tempo real através do Pepperjam Chat, um sistema pretende construir relações mais duradouras e rentáveis.

Outro dos sistemas introduzidos são as pepperjamAds, um sistema que através de um widget pode servir anúncios contextuais de múltiplos anunciantes da rede.

Não me queria alongar muito e poderão ler toda a press release que publiquei em ContentAds Guide. Ainda não tive tempo para experimentar o sistema, mas parece-me que possui muita mais informação e gráficos do que por ex a Commission Junction.

Melhor 2008 1

Jan1

Antes de mais queria desejar a todos os leitores do blog um feliz 2008, em especial a todos os empreendedores e bloggers que pretendem este ano iniciar ou melhorar os seus projectos online.

2007 foi um ano bom e atingi alguns dos objectivos que me propus no final de 2006. Diversificar o tipo de sites e as fontes de receita é o caminho a seguir. Lembrem-se, não coloquem os ovos todos na mesma cesta.

Tenho um objectivo grande em relação ao tolnetwork, que é conseguir o sucesso do concurso Pro Blogger. O meu sucesso depende do vosso. Se pelo menos puder contribuir e garantir que alguns de vocês conseguem construir melhores blogs e mais rentáveis, então o sucesso do concurso está garantido. Tive ainda inscrições para o concurso no último dia, mais precisamente às 22h48! Nos próximos dias continuarei a colocar os links para todos os blogs a concurso e a publicar artigos relacionados.

Com a ajuda do Mário Andrade do MuioMuio resolvi um problema que tinha com os caracteres das feeds. Afinal o problema estava num plugin que estava activo e nem estava a usar o Autometa. Assim, pedia a todos que estejam a subscrever as feeds através de outro endereço que não o do feedburner, que troquem para http://feeds.feedburner.com/TolNetwork pois já aparecerá tudo correcto.

O Aaron Wall actualizou o SEO book no final do ano. Para além de ter melhorado algumas das ferramentas e introduzido novos recursos grátis, foca ainda um assunto importante que é a forma como o Google trata os subdomínios. Ter subdomínios para dar relevância a alguns conteúdos tirando partido da autoridade de um domínio não tem a relavância que tinha antes. Continua no entanto a ser uma estratégia legítima quando o conteúdo é relevante.

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com