Tags Adsense

Integração da publicidade num site 2

A optimização da colocação ou integração de publicidade num site é um factor primordial para o sucesso. Nem todos os sites e temáticas exigem o mesmo tipo de integração. Se ainda restam dúvidas, a publicidade é rentabilizada de forma mais eficiente para o tráfego que vem dos motores de pesquisa!

Nesse sentido, o sistema Chitika Premium Ads é um sistema que vai de encontro a esta máxima. Estes anúncios só são visíveis para quem chega ao site através dos motores de pesquisa e os resultados mostrados são de acordo com a pesquisa efectuada pelo utilizador. Desta forma o CTR é maior porque são apresentados anúncios relacionados com o que o utilizador procura, e não se trata de um sistema chato para o utilizador que navega habitualmente no site.

O inconveniente é que é apenas um sistema para ser usado com tráfego americano e em língua Inglesa. Não deixa de ser por isso interessante, em especial para certos nichos.

Outra vantagem do sistema é a sua possibilidade de o utilizar integrado com Adsense.

Independentemente de usarem ou poderem usar no futuro, a Chitika lançou um eBook onde mostra alguns casos de integração do Chitika Premium Ads com o Adsense. Este eBook mostra algumas sugestões de integração e explica algumas formas de optimizar a colocação.

Também está disponível um plugin para o WordPress que facilita a implementação do sistema. Assim, aconselho a leitura do eBook que poderão fazer download em Adsense & Chitika ad placement guide.

Nova interface Adsense 1

A interface do Adsense nunca mudou muito, pelo menos desde que estou registado. No entanto hoje, o Adsense anunciou a disponibilização de uma nova interface na conferência Content Revenue Strategies, em Nova Yorque. Ainda se trata de um produto em beta, mas algumas pessoas que estiveram no evento tiveram oportunidade de testar esta nova interface.

Para além do novo aspecto gráfico que se pode ver na imagem que foi disponibilizada, com a componente gráfica, existe agora uma mailbox integrada que serve para receber todas as notificações do Adsense, impossibilitando assim que mensagens de phishing enganem alguns utilizadores menos atentos, ou até que as mensagens caiam nos filtros de spam.

Nesta interface é possível mais facilmente, à imagem do Analytics ter acesso resumido a informação importante que pode ser percebida mais rapidamente. Os gráficos podem inclusivamente conter mais do que uma métrica.

Portugal ainda não está nos países que podem testar nos próximos dias esta funcionalidade, mas certamente que ela é bem-vinda e será do agrado de todos.

Preparado para mudar de estratégia 0

Há duas máximas que são referidas várias vezes para quem quer ganhar dinheiro online com os seus sites e que são referidas várias vezes.

1. Não colocar os ovos todos no mesmo cesto.
2. Testar, testar, testar…

A primeira está relacionada com o facto de que não devemos estar dependentes de um único sistema de rentabilização nem de um único site. O que dá hoje dinheiro e que pode ser rentável pode não o ser amanha e um site pode sofrer penalizações, ataques, ver o seu tráfego diminuído devido às mais diversas razões, etc.

A segunda alerta-nos para o facto de que o modo como rentabilizamos um site pode nem sempre ser a melhor formato, e devemos fazer os devidos testes com cada um dos sistemas para poder tirar o máximo partido deles, optimizando-o, mas também devemos testar novos sistemas para aferir se podem ser rentabilizáveis ou não.

Quase todos os sistemas de rentabilização que uso, desde o Adsense aos sistemas de afiliados, passando pela venda de publicidade directa tem sofrido altos e baixos. As razões podem ser as mais variadas, desde flutuações de procura sazonais, alterações de tráfego, alterações no método de rentabilização, até sistemas que deixam de ser viáveis por ex devido a penalizações do Google.

Em determinada altura a publicação de reviews era um dos métodos mais eficazes de rentabilizar um site, principalmente se fosse em língua Inglesa. O mercado que explorava o Pagerank era bastante promissor. Depois o Google veio avisar para o perigo que isso podia provocar no ranking dos sites e este mercado atenuou.

Outro dos sistemas que vai ter alterações brevemente é o EbayPartnerNetwork. Este sistema de afiliados que pagava até aqui pelos registos de utilizadores conseguidos no eBay e por uma comissão dos produtos vendidos, vai mudar o seu modo de pagamento. Vai passar a ser um programa que paga por click, mudando do tipo CPA para CPC. Por exemplo quem tinha um site de nicho com pouco tráfego mas conseguia fazer algumas vendas de produtos caros, poderia receber uma comissão bastante interessante. Agora com o novo sistema e uma fórmula que determina o valor gerado em receitas pelo tráfego enviado para o eBay no curto e longo prazo para determinar o preço do click, vai ser um sistema que vai piorar as condições para quem não mande muito tráfego de qualidade para o eBay. Esta alteração vai ter efeito a partir de 1 de Outubro.

Certamente que deverá haver mais uma vez uma redução do valor gerado por este programa e assim devemos estar preparados para essa possível diminuição. Aqui o que podemos fazer é testes e tentar mais uma vez fazer alterações à forma como usamos o EPN para tentar gerar mais tráfego de qualidade e conseguir um CPC maior.

O Adsense também anunciou que irá aceitar novos sistemas de publicidade a concorrer pelos espaços do Adsense e desta forma permitir ganhar mais com o nosso site. São outras redes de publicidade que o Google certificará e que usará os mesmos formatos do Adsense. Aqui tenho poucas expectativas que tenha impacto nos sites em língua Portuguesa. Pelo menos as redes que me aparecem na conta do Adsense são completamente desconhecidas. Se nem as conhecidas têm anunciantes suficientes em Portugal a pagar a horas, muito menos terão as desconhecidas.

O mesmo acontece com os Sistemas de Afiliados. Já o disse aqui no blog mais do que uma vez que até nem costumo ter sorte com este tipo de programas. Um dos problemas está relacionado com o facto de que a maior parte deles é para língua Inglesa e aí não estou tão à vontade. Contudo passei a usar recentemente uma estratégia diferente para sistemas de afiliados em tráfego Português. Tive por ex sucesso imediato com a Tradedoubler com um programa que nunca pensei que tivesse tanta adesão. Foquei depois neste sistema, mas ao fim de algum tempo o programa deixou de funcionar, dando erros ao clickar nos banners e sem obter feedback da Tradedoubler. Mudei de estratégia e dediquei mais tempo à promoção da Netaffiliation e tenho tido umas conversões consideráveis.

Tudo este paleio para concluir:

1. Devemos conhecer os vários sistemas existentes para a rentabilização de um determinado site com tráfego de uma determinada origem, mesmo que em determinada altura esses sistemas não se adeqúem ou não sejam os melhores para rentabilizar esse site, mas poderá vir a ser necessário no futuro.

2. Formatos, cores e locais de colocações devem ser alterados periodicamente. Por um lado para se conseguir uma melhoria continua e identificar a melhor configuração para cada sistema. O uso de mais do que um programa de afiliados ou sistema de publicidade deve ser usado em conjunto e de formas distintas, pois muitas vezes complementam-se muito bem.

3. Devemos estar preparados para ter que fazer mudanças na forma como rentabilizamos um site, porque o que é rentável hoje pode não o ser amanha. O Google, eBay, Amazon, Bing, Facebook, Twitter, etc são empresas muito poderosas e que controlam a forma como recebemos tráfego e rentabilizamos os sites. Mudanças de estratégia destas empresas e o próprio mercado, obrigam-nos a estar atentos.

Adsense afina algoritmos 3

Hoje surgiu um artigo interessante no Inside Adsense, da autoria do gestor de produto Adsense. Este artigo anuncia alterações na forma como o Adsense faz corresponder o texto de um website a anúncios relacionados com a temática da página.

Basicamente o Adsense analisa o conteúdo de uma página, realiza uma série de leilões entre os anúncios relacionados com esse tema e mostra os anúncios que ganham (nem sempre os que pagam mais).

Uma das grandes virtudes do Adsense é a capacidade de fazer corresponder muito bem os anúncios com o texto do site, principalmente quando há muitos anúncios a concorrer para um determinado tema, como no mercado de língua Inglesa. Segundo este artigo, estão identificados casos em que a relevância identificada pelo sistema não é exactamente igual à relevância identificada pelos utilizadores dos sites. Se forem corrigidos alguns problemas, isso vai certamente melhorar os resultados para os webmasters.

O interessante disto tudo é saber que o Google continua a fazer actualizações constantes. Acredito que em língua Portuguesa a relevância só não é melhor devido à falta de concorrência em número de anúncios e no custo dos anúncios.

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com