Tags blog

Encontrar Imagens Para o Seu Blog 1

Todos os webmasters e bloggers, muitas vezes já se depararam com a necessidade de encontrar aquela imagem certa para o artigo. Procuramos aquela imagem única, que ajuda a destacar o artigo, sem direitos de autor, e se possível, fácil de encontrar. Se está a rever-se nesse caso, saiba que existem vários repositórios de imagens na internet onde pode conseguir isso facilmente.

Neste artigo dou-lhe a conhecer stock de fotos, imagens e vetores online e suas vantagens, estamos a falar do DepositPhotos.Com. Neste repositório pode encontrar milhões de imagens, atualmente bem acima das 4milhões de imagens que pode escolher, para as finalidades que referi antes.

O DepositPhotos é um repositório de stock de imagens pago. Mas existem outras opções que lhe podem dar acesso às imagens mais barato, ou mesmo gratuito. E se possui um blog, ainda mais fácil é, principalmente com o programa DepositPhotos para bloggers e webmasters.

Se possui um blog e pretende usar imagens do DepositPhotos saiba como tirar proveito do programa para bloggers.

DepositPhotos Como Patrocinador
Lance um concurso no seu site relacionado como imagens, fotografia, vetores, e o DepositPhotos terá todo o prazer em ser o patrocinador desse concurso, oferecendo como prémio uma subscrição gratuita temporária ao stock de fotos.

A única contrapartida que o DepositPhotos pretende de si é que o publicite, criando artigos em que dê a conhecer o maior repositório de ficheiros de imagens online, DepositPhotos. Esse artigo deve ser único.

De referir que ao promover estes concursos o webmaster também terá direito a um acesso gratuito aos programa para bloggers.

Acesso Gratuito ao DepositPhotos
Se não pretende desenvolver nenhum concurso para a comunidade que visita o seu site regularmente, pode optar por fazer apenas a publicitação ao DepositPhotos, escrevendo análises sobre os diversos programas, formas de pagamento e colocar essa análise no seu site.

O tempo de subscrição gratuita que o DepositPhotos lhe oferecerá irá depender de vários fatores inerentes ao site onde foi publicado o artigo, nomeadamente: número de visitas, e nível do site (de acordo com dados Alexa).

Lembre-se que para estar elegível a estas promoções do DepositPhotos os artigos criados devem ser originais e não uma cópia do que se encontra noutros sites, ou no próprio repositório. Todas estas ações serão alvo de análise por parte da equipa DepositPhotos e só depois serão aprovadas, cumprindo as essas regras.

2009 revisitado 8

Está mais um ano a terminar e como vem sendo habitual vou partilhar aqui um balanço do ano 2009 relativamente aos temas que abordei aqui no tolnetwork. Foi certamente um ano em que escrevi menos aqui, mas não foi por falta de interesse. Estive muito mais dedicado a outros projectos que procurei desenvolver. Não faço questão de desenvolver o tolnetwork para ter um grande número de seguidores ou tráfego, até porque como já referi várias vezes não pretendo que este blog seja rentável. O Tolnetwork teve uma alteração de design em 2009, creio eu que para melhor.

Decidi ordenar as referências por temas, ao contrário da ordenação cronológica. Inicio precisamente por um dos temas principais que abordo, o Adsense.

Adsense: foi um ano bom no que respeita a novas funcionalidades. Foi disponibilizada uma nova interface e passou a ser possível por exemplo mudar o tamanho e a fonte dos anúncios. Foram feitas também referências a um novo algoritmo que optimiza a leitura da página e colocação dos anúncios de forma mais contextualizada. Os termos de utilização e politicas de privacidade também sofreram alguns ajustes.

O pior mesmo continua a ser a impossibilidade de usarmos todas as novas funcionalidades no nosso mercado, sendo que a maior parte delas são sempre testados nos países de língua inglesa, uma delas é o category filtering. As estatísticas também passaram a ser mostradas em Euros. Em termos gerais, 2009 foi melhor do que 2008 em relação aos rendimentos, mas verifico que apesar do maior tráfego e mais impressões de anúncios, o número de clicks diminuiu bastante. Isto pode ter sido causado por uma diminuição de anunciantes relevantes em determinadas áreas, o que pode contribuir para menor interesse dos utilizadores, mas também pode ter sido ad-blindness, estando os utilizadores muito menos interessados neste tipo de publicidade.

SEO: foi o ano do lançamento do Bing e com isso abre-se uma nova área ou possibilidade de optimização e tráfego para os sites. A disponibilização das webmaster tools do Bing facilitaram o processo de submissão de sites e embora não sejam tão completas como as do Google, são para já suficientes.

Fiz referência à alteração dos hábitos de pesquisa e como isso pode influenciar o tráfego para o nosso site ou as keywords para as quais devemos optimizar. Outra área cada vez mais importante é a optimização de imagens e o guia que publiquei é certamente bastante completo. Outro assunto bastante falado na blogosfera foi relativamente ao Pagerank Sculpting e ao uso de nofollow nos links internos. Não me preocupei muito em alterar as minhas estratégias em relação a este assunto, a não ser eventualmente usar as funcionalidades usadas de base por alguns plugins WordPress. Publiquei também um artigo sobre os 10 erros de SEO a evitar, que poderá ajudar muita gente a conseguir bons resultados, ou pelo menos não estragar o trabalho desenvolvido anteriormente.

Em relação aos meus sites, passei a seguir os principais rankings nos vários motores de pesquisa com uma ferramenta do SEOMoz.

Programas de afiliados: este ano apostei mais neste tipo de sistema. Por um lado, porque em sites de nicho e em alguns em particular se revelaram bastante rentáveis. Por outro lado precisei de substituir alguns espaços antes reservados ao Adsense por banners de afiliados. Experimentei novos sistemas e usei outros já bastante conhecidos. Os melhores resultados foram obtidos com Netaffiliation e EbayPartnerNetwork. Uso também Zanox, Tradedoubler e mais alguns que operam apenas no mercado de língua inglesa.

Relativamente à Netaffiliation foi bom constatar que melhorou o seu site e que continua a ter um grande número de campanhas. No entanto neste final de ano foram muitas as campanhas que desapareceram ou então as empresas decidiram simplesmente suspender as campanhas. Aguardo pelo inicio de 2010 para ver se algumas destas retornam ou se simplesmente se mudaram para outros sistemas. Um dos problemas da Netaffiliation continua a ser o atraso nos pagamentos. Continuo a ter campanhas que nunca foram pagas e os anunciantes saíram já da Netaffiliation…

Relativamente ao EPN, foi mudado também o formato de pagamento para Quality Click Pricing. Embora ainda seja muito recente, não tenho ainda opinião formada sobre este novo sistema, que umas vezes se revela melhor e noutras pior. Não perdi no entanto tempo em alterar os sites onde uso o EPN, continuando a funcionar como passive income.

Conteúdos: os conteúdos de qualidade continuam a ter muita importância. Foi uma das áreas em que mais me foquei este ano, não só na qualidade, mas também na quantidade, porque tive que escrever para vários sites e de temáticas bastante distintas. Continuei a apostar em subcontratar o serviço, sempre que tinha menos capacidade para o fazer e conseguia uma boa qualidade no serviço. Nesta área, apostei também na escrita para promover campanhas por ex da Netaffiliation.

WordPress: cada vez mais é a minha plataforma de eleição para fazer sites e desenvolver novos projectos. As novas versões lançadas do WordPress trouxeram também novas funcionalidades que permitem acelerar por ex a publicação de imagens. Foi também um ano em que surgiram novas tendências a nível de design e funcionalidades, com os temas Premium a merecerem destaque muitas vezes como por ex os disponibilizados pela Eleganthemes. Os plugins disponibilizados têm também permitido implementar funcionalidades bastante interessantes para enriquecer qualquer projecto.

Eventos: nesta área foi importante a realização da OMExpo em Lisboa, pelo contacto que estabeleci com outros webmasters e bloggers e com as próprias empresas que desenvolvem o marketing online como principal actividade. Estive presente também no Ignite do Porto. Ao nível de cursos, estive presente num sobre Adwords.

2010: Não tenho para já novos projectos para 2010, a não ser melhorar e desenvolver os principais sites que já tenho. Há contudo dois relativamente recentes em que vou continuar a focar. 2010 será também um ano em que vou focar mais na venda directa de publicidade como forma de rentabilização e abordarei sem dúvida este tema no próximo ano. Não queria deixar passar a ocasião para referir que fui distinguido num artigo do mais-trafego como um dos 21 Bloggers mais influentes da Blogosfera portuguesa. Obviamente isso vale o que vale, mas é importante como forma de reconhecimento do trabalho e da partilha que faço.

Um bom 2010 para todos.

Cria um blog 7

Em 2007, como sabem, implementei aqui no tolnetwork o concurso Problogger. Na altura o objectivo era ensinar os participantes a criar um blog e a rentabiliza-lo. Muitos arriscaram, participaram, e hoje em dia estão a ganhar dinheiro com os seus projectos online. Posso confirmar que para além da relação estabelecida na altura, ainda hoje falo frequentemente com muitos desses bloogers que iniciaram a carreira nessa altura.
Para os que perderam essa oportunidade, para os que não acreditavam que era possível ganhar dinheiro com um blog, existe agora uma outra oportunidade.

Cria um blog, é o nome do concurso que o Mais Tráfego divulgou esta semana. Para além de ser um concurso funciona também como um curso, em que no são fornecidos os meios e ensinamentos de como, criar, gerir, promover e até como rentabilizar um blog. Os detalhes sobre os factores avaliados podem ser encontrados na página do Cria um blog.

Como os prémios são sempre importantes, o vencedor do Cria um blog vai receber um Pack Canalmail Problogger, constituído por um Netbook Toshiba NB100-12Z Cosmic Black, uma câmara digital de vídeo Flip Ultra e uma Emtec Pen USB C300 16GB. Existem prémios até ao 10º lugar.

Este concurso tem patrocinadores como o Canalmail ou Sapo, mas o tolnetwork apoia também este concurso. Recomendo por isso a participação.

Rentabilizar o novo blog 25

Um dos objectivos que cada um de vocês que entrou no concurso Problogger tem, é que no final do concurso, o blog já esteja a render uma quantia interessante. O facto de que a maior parte dos blogs em concurso tem muito pouco tempo de existência, alguns com menos de um mês, faz com que as possibilidades de o rentabilizar ainda sejam poucas.

Embora eu tenha lembrado para a necessidade de se pensar no design e na colocação dos banners desde o início, não significa que a melhor abordagem seja carregar o blog de publicidade. O facto de existirem também muitos sistemas para rentabilizar um blog, utiliza-los a todos em conjunto não é certamente a melhor abordagem. Cada banner, cada link externo, representa um ponto de saída de um visitante para outro website. Ter muitos desses pontos de saída, vai fazer com que a probabilidade de haver mais clicks em cada anúncio seja menor, reduzindo assim o potencial de cada um desses blocos e eventualmente o interesse dos potenciais anunciantes. Deverá existir assim um bom balanceamento entre o que é conteúdo e publicidade.

O mais importante de todo o processo é criar conteúdo interessante. Criar valor, ou um serviço de qualidade deve ser o objectivo inicial, se bem que isto nunca deverá ser esquecido. Este processo irá fazer com que outros bloggers e sites coloquem links para o vosso conteúdo. Com o tempo o vosso blog vai ganhar autoridade junto dos motores de pesquisa. Sem links para os vossos sites, dificilmente vão ganhar tráfego suficiente.

Se o vosso blog vai ter essencialmente a vossa opinião sobre vários assuntos, também vai ser possível rentabilizar isso. É contudo necessário ter uma certa originalidade e ganhar reputação. Se o objectivo é vender espaços publicitários, o tráfego é uma necessidade muito importante ou então não haverá muitos interessados em pagar para não receber visitas.

Outro aspecto que queria salientar e repetir é que o que pode resultar para rentabilizar um blog, pode não ser o melhor para outro. Dependendo do sucesso que tenham no vosso trabalho de promoção e do tipo de conteúdo, nem sempre o Adsense é a fórmula mágica. Os programas de afiliados, venda de links ou reviews e a própria venda dos vossos serviços e conteúdos podem ser mais rentáveis muitas vezes.

A originalidade e a forma de promoção são importantes. Colocar publicidade que não pareça publicidade pode resultar em sucesso quando os formatos normais de banners são quase invisíveis para a maior parte dos utilizadores. O facto de que hoje em dia a publicidade online está muito difundida faz com que seja possível que para qualquer tipo de conteúdo haja publicidade contextual.
Por ex, ao se fazer uma qualquer review a um produto, em que manifestamos a nossa opinião sobre ele, devemos dar a oportunidade ao visitante a poder comprar esse produto directamente do blog. Isso consegue-se através da utilização dos diversos widgets Amazon, da integração de links para o ebay ou mesmo da colocação de banners para sistemas de afiliados desse mesmo produto. Esta forma de utilização dos sistemas de afiliados é mais rentável e complementa a experiência do utilizador.

Hoje em dia existem muitos sistemas intermediários para facilitar a venda de publicidade. Estes levam contudo um parte importante dos eventuais lucros. É o caso do TLA, ReviewMe, Sponsored Reviews, etc. Disponibilizar uma página com detalhes sobre formatos de publicidade existentes no blog poderá facilitar que os potenciais anunciantes se sintam à vontade para tentar a sua sorte no vosso blog. Mesmo que esta página não exista, às vezes um simples link para o formulário de contacto poderá ser suficiente. Embora não seja uma pratica que eu tenha muito frequentemente, o que é certo é que nos 2 ou 3 sites onde tenho este tipo de página os contactos para publicidade são frequentes.

Os resultados poderão não ser imediatos, mas a longo prazo, se o blog não for esquecido terá certamente muito potencial. Para os que estão a ler agora este artigo, e não estão enquadrados, este artigo faz parte de uma série onde se vai abordar todo o processo de iniciar um blog e rentabiliza-lo. Este curso/concurso pode ser acompanhado por qualquer pessoa com os artigos da secção Pro blogger, mas para ter acesso ao prémio final de 1500€, estão fechadas as inscrições. Os últimos artigos da série são:

Pag 1 de 212

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com