Tags netaffiliation

Balanço de 2010 12

Tal como tenho feito em anos anteriores, vou partilhar aqui um balanço dos meus projectos online em 2010. O facto de estar a blogar menos não se deve à falta de interesse, mas à canalização do meu tempo livre para realmente desenvolver os projectos que me dão mais gozo.

Também como nos anos anteriores vou dividir esta recapitulação por temas, tal como no ano anterior.

Adsense: continua a ser a minha maior fonte de rendimentos e este ano foi também o ano mais rentável tendo conseguido atingir uma meta interessante e aumentando quase em 50% os rendimentos face ao ano anterior. Isto foi conseguido diversificando e apostando em outras temáticas e diminuindo também o número de impressões de blocos adsense. Consegui este ano o meu melhor mês de sempre, e também o melhor dia. Os ganhos eventualmente até poderiam ser maiores, mas tenho sempre que encontrar o equilíbrio correcto entre outras campanhas de afiliados e a publicidade directa. A nova interface do Adsense veio potenciar também uma melhor análise dos vários critérios e assim poder melhorar ainda mais no próximo ano. Destaco ainda o evento do Adense em Lisboa que embora não tenha trazido muito de novo, foi interessante para o networking com outros webmasters.

Netaffiliation: apesar dos problemas e críticas à plataforma, consegui melhorar os ganhos 2,7vezes face ao ano passado. A presença da Netaffiliation no ecommarketing show permitiu desbloquear um pagamento e acabou por facilitar o diálogo com o suporte. Ao contrário do que lêem em outros blogs, não é com a campanha de angariação de webmasters para a netaffiliation que me rende mais, pois esta é praticamente residual para mim.

Novas fontes de rentabilização: como sempre recomendo, também eu procurei novas fontes de rentabilização para os meus sites. Experimentei a Ozonion, passei a usar a Hifficiency e Vibrantmedia, assim como a difundir campanhas CPM da Livebox. O final do ano podia ter sido épico com uma campanha CPM da BMW no tuning.online.pt que se ficou por metade das impressões que inicialmente foi proposto. Contudo foi um valor muito interessante e eventualmente uma das mais rentáveis que já difundi. Ficaram outros sistemas por testar, eventualmente tenho que dedicar algum tempo ao tráfego do Brasil e passar a utilizar mais o Google Doubleclick For Publishers para segmentar esse tráfego.

Aquisição de sites: Este ano dediquei a maior parte do tempo a desenvolver projectos que mostraram potencial. No entanto fiz duas aquisições de dois websites já estabelecidos. Um deles agora em Dezembro, mas outro, mais importante, onde consegui recuperar o investimento em apenas 6 meses, depois de personalizado o site e investindo algum tempo no design e conteúdos.

Conteúdos: os conteúdos de qualidade continuam a ter muita importância, mas também a rapidez com que se publicam. Nesta área segui a mesma estratégia de 2009, tentando fazer outsourcing da escrita de artigos. A diferença é que este ano consegui encontrar um serviço de qualidade e que me garante a continuidade do serviço mas também alguma autonomia. A estratégia é para continuar no próximo ano.

Subcontratação de serviços: este ano procurei sempre parcerias e adquirir serviços que me garantissem rapidez e utilização da experiência na execução de certas tarefas. Foi na área do design templates wordpress que mais recorri a este tipo de serviço (para além dos conteúdos referidos anteriormente), mas também em áreas mais específicas como por ex o facebook. Acredito que este é também um caminho a seguir no próximo ano pois não me pretendo especializar em certas áreas nem perder tempo com outras.

Eventos: foram vários os eventos em que participei este ano, no entanto o destaque vai para o e-commarketing show e para o evento Adsense em Lisboa.

Outros projectos: em 2010 esteve em desenvolvimento, juntamente com um amigo, uma ideia que esteve quase para ser lançada no mercado. Por limitações da plataforma que se iria usar, o projecto foi abandonado. No entanto ficou a vontade de lançar alguma coisa diferente e quem saber se não será 2011 o ano?

Custos: numa altura de crise, é importante não só aumentar as receitas como reduzir os custos. Foi este também um dos objectivos este ano, sempre que não colocasse em causa a qualidade do serviço. Poderia ter ido mais longe nesta área ou ter efectuado determinadas acções mais rapidamente. A migração do meu servidor principal para a PTservidor foi uma dessas acções.

Passei a utilizar como software de facturação o Invoic€xpress, que me permite ter acesso a dados de clientes, facturas e a reporting em qualquer lugar. Recomendo.

Para 2011 espero que seja pelo menos tão bom como 2010 para os meus projectos online.

Challenge Netaffiliation 17

A Netaffiliation é a maior plataforma de afiliação a operar em Portugal. Apesar de possuir alguns pontos fortes, são muitas as críticas feitas à plataforma por grande parte dos afiliados, não só no que toca aos pagamentos como também na questão do suporte que é dado.

Eu tenho críticas essencialmente em relação ao ligar e desligar da torneira. Mas isso é assunto para outro post.

Hoje recebi outro mail da Netaffiliation, relativamente a mais um desafio para uma campanha de afiliados. Por acaso trata-se de uma campanha que não promovo, mas mesmo que promovesse não iria participar nessa challenge porque o feedback que a Netaffiliation dá sobre as mesmas é nulo.

Participei contudo no final do mês de Abril e inicio do mês de Maio na challenge Flexibom. O texto promocional era mais ou menos este: Entre os dias 19 de Abril e 9 de Maio irá decorrer um challenge para os afiliados da campanha. O afiliado que tiver melhores resultados na campanha irá receber um prémio excepcional de 300€. Este challenge é destinado apenas aos afiliados que utilizam text links.

Como se trata de uma das minha campanhas preferidas, resolvi participar e investi algum dinheiro e tempo, não só na escrita de conteúdo específico como também a mudar os text links que já possuía para os text links específicos da campanha.

Não faço a mínima ideia de quem participou, nem de quem foi o vencedor. Acho que o mínimo que a Netaffiliation deveria fazer era indicar quem foi o afiliado que ganhou a iniciativa, não só para dar a conhecer a todos os restantes afiliados, que efectivamente houve um vencedor, como também para dar divulgar o potencial de conversão que a plataforma tem. Nem mesmo com o envio de um mail para o suporte, se dignaram a dar essa indicação. Tive ainda que substituir todos os text links novamente.

Curioso também foi o facto de que após algumas conversões no final do mês de Abril, a campanha praticamente deixou de converter nos dias de Maio em que decorreu. Isto para um número de clicks idênticos e em particular tendo sido Maio um mês relativamente bom em tráfego e na resposta dos utilizadores às campanhas.

Assim, não volto a participar em nenhuma challenge, enquanto a comunicação por parte da Netaffiliation continuar igual. Não vi também no site da empresa qualquer tipo de comunicação relativamente a outros Chellenges que já decorreram…quem as andará a ganhar?

Ozonion vs Netaffiliation 21

Como já partilhei aqui algumas vezes, a rentabilização através de programa de afiliados é uma excelente forma de rentabilizar um site, quer através de complemento a publicidade contextual, quer mesmo como única ou principal fonte de rentabilização.

O sucesso depende muitas vezes de se ter o tráfego ou publico correcto e que procura ou que está interessado nos produtos que temos para promover. Em Portugal, excluindo sistemas de afiliados específicos, actuam principalmente 3 players nas áreas dos afiliados, a Netaffiliation, Tradedoubler e Zanox. Cada uma delas tem as suas particularidades e dependendo das campanhas, e normalmente as preferências repartem-se pelos 3.

No meu caso a preferência vai nitidamente para a Netaffiliation. No entanto, existem vários problemas na relação destas empresas com a grande maioria dos afiliados. Um dos problemas é o suporte, que nem sempre está localizado em Portugal, mas também com os pagamentos, que nem sempre é culpa destes.

Acho contudo que pode haver diferenças nas tecnologias que suportam as redes destes operadores de afiliados e na forma de reporting dos leads.

Num dos meus sites, que tem bastante tráfego do Brasil, testei durante algum tempo 2 campanhas diferentes. A primeira da Ozonion Cash (café mobilie Games) que opera unicamente com campanhas para público Brasileiro e a segunda na Netaffiliation (Gameloft) também específica para converter com tráfego Brasileiro.

Ambas as campanhas estão relacionadas com jogos para telemóveis e estão colocadas numa área do site relacionada com jogos online, indo de encontro aos interesses dos visitantes do site. O valor que ambas as campanhas pagam também é muito semelhante.

Havia uma coisa que favorecia a campanha da Netaffiliation, que era o facto de 3 banners diferentes e bastante mais atractivos rodarem na mesma posição, despertando eventualmente muito mais o interesse do visitante.

A campanha da Netaffiliation esteve a rodar cerca de 13 dias e teve uma média de 250 clicks reportados por dia. As conversões no total dos dias foram 4.

A campanha da Ozonion, correu durante mais tempo, mas se considerar os mesmos 13 dias no mês anterior, teve uma média de clicks de 237, inferior à da Netaffiliation, no entanto o número de conversões foram de 58!!!

Poderão pensar, que pode ser um problema da landing page, mas mesmo nisso ambas as campanhas são muito idênticas, permitindo a introdução do número do telemóvel ou celular e a subscrição de um serviço.

banners afiliados

Voltei a colocar Ozonion Cash na mesma zona e vou continuar a usar no mês de Janeiro. Ainda não recebi nenhuma vez, mas tive a confirmação hoje que os pagamentos por paypal continuam válidos. Apenas vou ter que mandar as fotocópias dos meus documentos pessoais.

Poderá haver conversões que não estão a ser correctamente reportadas? É provável, mas também pode ser da forma como as campanhas estão montadas.

Outro problema com a Netaffiliation foi o número de campanhas que terminaram ou foram canceladas a partir do final do mês de Novembro. Para mim é um mistério ainda e vou ver se essas campanhas retornam até porque são quase todas na área financeira, e esta altura do ano é igualmente boa para obterem leads para os seus produtos.

E se surgisse uma alternativa em Portugal no mercado de afiliados? acham que poderia vingar? Que condições ou características acham importantes para usarem uma nova plataforma de afiliados?

Netaffiliation com nova imagem 15

Foi com alguma surpresa que hoje verifiquei que a Netaffiliation tinha renovado o seu site. Na verdade o antigo deixava muito a desejar e não informava os potenciais anunciantes ou afiliados das possibilidades existentes ao aderir a esta plataforma. Embora o backoffice ainda seja o antigo, presumo que isso vá mudar brevemente.

A NetAffiliation é uma das maiores plataformas de afiliação da Europa e a nível internacional, conta com mais de 780 programas de afiliação activos, mais de 55.000 afiliados, detentores de sites de grande audiência e uma presença em vários países da Europa e da América do Sul.

Sou utilizador da Netaffilition desde que esta apareceu no mercado Português em Maio de 2007. Nunca tive muito sucesso até meados deste ano, quando mudei a estratégia para promoção dos vários programas de afiliados. Descobri algumas coisas interessantes, que eventualmente partilharei nos próximos dias, e tenho tido bastante sucesso com esta plataforma. Recomendo por isso que façam o vosso registo na mesma e que tentem promover algum programa de afiliados relacionados com um dos vossos sites.

Assim, para mim a Netaffiliation acabava por estar a gozar de uma imagem renovada para mim, por causa desse sucesso. Mas como nem tudo é perfeito, há ainda algumas queixas da plataforma. Essas queixas estão na maior parte das vezes relacionadas com atrasos dos pagamentos dos anunciantes, ou que demoram a validar os ganhos ou que se atrasam nos pagamentos. Este foi, alias, um dos pontos de queixa das plataformas de afiliados presentes na Online Marketing Expo em Lisboa.
Rentabilize o seu site com a Netaffiliation

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com