Tags blogging

Dar gás à paixão pelos carros 4

Na semana passada foi publicado no Jornal de Negócios um artigo que aborda o tema dos blogs, na perspectiva da sua rentabilização. O artigo conta com 4 bloggers convidades, onde para além de mim, aparece o Custódio do dinheiro oportunidade, Ana Martins da Pipoca Mais Doce e Nuno Casimiro do investidor.

O artigo consegue de forma muito resumida dar uma visão de 4 casos distintos, 4 maneiras diferentes de ter negócios na internet. O artigo inclui ainda 10 dicas para criar um blog rentável.

Deixo aqui uma transcrição do destaque que foi feito sobre a minha entrevista:

Rui Augusto tirou partido da formação em informática e apostou na área automóvel para se lançar na net.Rui Augusto fundou o Tuning Online há 12 anos, tornando-se uma referência na área, mas hoje gere mais de 40 sites.

Foi há 12 anos que Rui Augusto fundou o Tuning Online. Na altura planeava uma mudança profissional que poderia passar por dedicar-se mais à área da Internet e começou a recolher informação e a usá-la para explorar uma área do seu interesse. Na altura não planeava ganhar dinheiro com o investimento, mas o site ganhou dimensão e relevância e hoje dispensa apresentações. É uma referência para quem segue o assunto e ganhou tanta popularidade que passou a assumir-se como canal privilegiado de divulgação dos principais eventos que se realizam no país e das novidades que os fabricantes vão lançando.

Durante muito tempo o projecto online foi o único deste administrador de sistemas na Sonae, mas em 2006 Rui Augusto decidiu criar mais um site para partilhar os conhecimentos que foi adquirindo sobre a monetização de sites. Nasceu o Tolnetwork que continua no ar e que é hoje um repositório importante de conhecimento sobre o tema.

Entretanto também reforçou a aposta na área do automóvel, com o lançamento de mais sites nessa área, e estreou-se nos domínios dos seguros, do crédito e dos jogos online. Hoje gere cerca de 40 sites. O Tuning Online é o mais popular, em Agosto reuniu oito mil acessos diários, mas os vários sites e blogs já chegaram a atingir as 800 mil visitas por mês.

Para progredir neste meio Rui Augusto tirou partido da formação na área da informática mas sublinha que esse não é um requisito essencial. A realidade da Internet evolui todos os dias e por isso o mais importante para conseguir agarrar as oportunidades que vão surgindo é manter-se informado das tendências e ir compreendendo as mudanças, garante.

Mas o melhor é mesmo deixar aqui o link para a versão Mobile do Jornal de Negócios onde é possível ler o artigo na totalidade.

Análise da concorrência 7

Mai22

Hoje em dia não deverá haver tema nenhum que não esteja a ser coberto por um site, fórum ou blog na Internet. É por isso sempre difícil iniciar um projecto online onde vamos estar sujeitos a uma concorrência muito forte.

Identificar o que a concorrência está a negligenciar poderá ser um factor de sucesso se soubermos tirar partido disso.

Os sites ou blogs concorrentes do nosso terão certamente a vantagem de uma maior audiência, mais tempo online, mais conteúdos, etc. Se tirarmos partido da nossa flexibilidade poderemos ter sucesso preenchendo as lacunas dessa concorrência, tendo a vantagem que saberemos mais facilmente como ter sucesso.

Se a concorrência é realmente forte e tem qualidade, não deveremos cobrir exactamente os mesmos tópicos, ou devemos focalizar em áreas que não estão a ser tão abordadas. Em relação a blogs, devemos por um lado ter cuidado, pois os restantes bloggers no nosso nicho, são potenciais aliados. Lembro que poder ganhar alguns links e referências dentro do mesmo nicho é fundamental para crescer em termos de posicionamento nos motores de pesquisa e em tráfego.

Analisar a concorrência com algum detalhe poderá poupar-nos muito trabalho no futuro e facilitar o sucesso do nosso projecto, tendo como objectivo que o nosso se destaque sempre. Assim algumas das questões que devem usar quando analisam um blog poderão incluir:

1. Quais as principais qualidades do blog?
2. Que tipo de assuntos são cobertos no blog para determinado nicho e quais não são?
3. Qual a frequência de novos artigos?
4. Qual o tamanho dos artigos?
5. Para que tipo de público os artigos são escritos?
6. Qual o nível de detalhe que é usado?
7. Que tipo de questões os utilizadores colocam nos comentários?
8. Qual o estilo de escrita usado?
9. Que tipo de artigos conseguem mais comentários, links e trackbacks?
10. Que tipo de design é usado? O que falha nesse design, funcionalidade e navegação do blog?
11. O que é escrito sobre esse blog por outros bloggers?
12. Como é feita a rentabilização do blog?

Usar ferramentas como o Technorati ou Google poderá ajudar a perceber melhor muito alguns destes aspectos, nomeadamente de onde provém os links para esse blog.

Conseguir a excelência no que a concorrência não faz tão bem poderá ser um factor decisivo para se ganhar links e tráfego, fundamental para o sucesso e rentabilização do nosso projecto.

ganhar dinheiro

  • tirei tudo
  • Já não promovo nada
  • Nem mesmo ebay
  • TLA muito menos
  • nothing

Sobre mim

O meu nome é Rui Augusto e aqui neste blog partilho conhecimento, experiências e opiniões sobre temáticas ligadas à rentabilização e promoção de sites. Mais detalhes podem ser verificados na pagina sobre o tolnetwork.com

twitter feeds flicker twitter Dihitt

tolnetwork.com is powered by WordPress and Customized FREEmium Theme.
developed by Dariusz Siedlecki and brought to you by FreebiesDock.com